Proteção e segurança online 🤳

Ferramenta que combate e remove conteúdo sexual de menores em redes sociais chega ao Brasil

(Foto: Freepik)
(Foto: Freepik)

Publicado em 06/02/2024, às 09h01 por Jennifer Detlinger, Editora-chefe | Filha de Lucila e Paulo


No Dia da Internet Segura, comemorado nesta terça-feira, 6 de fevereiro, a Meta acaba de anunciar, em primeira mão à Pais&Filhos, a chegada da ferramenta Take It Down ao Brasil. Trata-se de uma plataforma desenvolvida para ajudar os adolescentes a recuperarem o controle sobre suas imagens íntimas e a prevenir a divulgação online desses conteúdos. 

O Take It Down é um programa inovador do National Center for Missing & Exploited Children (NCMEC), apoiado pela Meta, que foi lançado pela primeira vez no ano passado em inglês e espanhol. Agora, a Meta e o NCMEC estão expandindo a plataforma para outros países e idiomas, incluindo o Brasil, tornando-a ainda mais acessível a milhões de adolescentes em todo o mundo.

"Tornar a Take it Down disponível em 25 idiomas é um passo fundamental para proteger as crianças dos horrores da exploração online em todo o mundo. Queremos  garantir que todas as crianças, independentemente de idioma ou localização, tenham a oportunidade de recuperar a sua dignidade e privacidade com a remoção de conteúdos ilegais das plataformas participantes", diz John Shehan, vice-presidente sênior do NCMEC.

celular na mao
(Foto: Freepik)

O que é o Take It Down?

O Take It Down é um serviço gratuito que atende pessoas com imagens ou vídeos de si mesmas em situações de nudez, nudez parcial ou sexualmente explícitas, tiradas quando tinham menos de 18 anos de idade, as quais acreditam que foram ou serão compartilhadas na Internet. Por exemplo, talvez seu filho tenha enviado uma foto a alguém, mas agora essa pessoa está lhe ameaçando ou já publicou a foto em algum lugar. 

Para quem o Take It Down é indicado?

  • Jovens menores de 18 anos preocupados que o seu conteúdo tenha sido ou será publicado na internet;
  • Pais ou adultos responsáveis por um adolescente;
  • Adultos que estejam preocupados com imagens tiradas deles quando tinham menos de 18 anos.

O serviço também é indicado para o adolescente ou pais que não tenham certeza se a imagem foi compartilhada, mas queiram assistência para tentar removê-la de locais onde possa aparecer na Internet. A pessoa pode manter o anonimato ao usar o serviço e não precisa enviar as imagens nem vídeos a ninguém.

Como o Take It Down funciona na prática?

A ferramenta foi projetada para respeitar a privacidade e segurança de dados das pessoas a partir da atribuição de um hash exclusivo -- uma impressão digital na forma de um código numérico -- à sua imagem ou vídeo, de forma privada e segura. Veja como:

  • O adolescente seleciona a imagem ou o vídeo explícito que deseja dispersar/hash a partir do seu dispositivo e clica em "Início".
  • Para cada imagem ou vídeo, o Take It Down vai gerar um “hash” ou impressão digital que pode ser usada para identificar uma cópia exata dessa imagem ou vídeo.
  • A imagem ou vídeo permanece no dispositivo sem ser carregado. O hash é adicionado a uma lista segura mantida pelo NCMEC, que é compartilhada apenas com as plataformas participantes na Internet, que concordaram em usar essa lista para fazer uma varredura em seus sites e aplicativos públicos ou não criptografados em busca dos hashes com o conteúdo explícito.
  • Se uma plataforma na internet detectar uma imagem ou um vídeo em seu serviço público ou não criptografado que corresponda a um valor hash, poderá tomar medidas para limitar a disseminação do conteúdo explícito.

Novos recursos da Meta para ajudar a prevenir a sextorsão

Além do lançamento do Take It Down no Brasil, a Meta anuncia uma atualização da Central de Segurança, com novas dicas e recursos para adolescentes, pais e professores sobre como prevenir e lidar com a sextorção.

As orientações foram desenvolvidas pela Thorn, uma organização sem fins lucrativos, que desenvolve uma tecnologia para defender crianças contra abuso sexual, e dá orientações atualizadas para adolescentes, com dicas úteis e ações sobre como recuperar o controle da situação caso alguém estiver os extorquindo.

Adolescente com celular na mão
(Foto: Unsplash)

Na Central de Segurança da Meta, você também pode encontrar dicas de como ter conversas sensíveis com seu filho e como dar apoio caso ele esteja sendo afetado por esses golpes. As novidades se juntam às ferramentas que já existem dentro da Meta caso alguém compartilhe ou ameace compartilhar imagens íntimas do seu filho:

Avisos de Segurança

Eles aparecem para adolescentes no Instagram quando eles estão conversando com alguém que exibe comportamento potencialmente suspeito. Esses avisos de segurança incentivam os adolescentes a terem cautela, os encorajam a relatar qualquer conta que ameace compartilhar suas imagens íntimas e lembram que eles podem recusar tudo o que os faz se sentir desconfortáveis. 

Proteção para contato indesejado

 A Meta definiu por padrão que os adolescentes abaixo dos 16 anos (e abaixo dos 18, em alguns países) tenham contas privadas quando se inscrevem no Instagram, além de usar tecnologia para ajudar a prevenir que adultos suspeitos encontrem e interajam com as contas de jovens.

No mês passado, a empresa ainda anunciou configurações de mensagem mais rígidas por padrão, o que significa que os adolescentes com menos de 16 anos (e em alguns países, com menos de 18) não receberão mensagens de pessoas que eles não seguem ou com quem não estão conectados, fornecendo mais proteção contra possíveis golpistas.


Palavras-chave
pfnoinsta

Leia também

Daniel Cravinhos pede desculpas para Andreas von Richthofen em carta aberta - (Foto: reprodução)

Família

Daniel Cravinhos escreve carta aberta para irmão de Suzane von Richthofen 21 anos após crime

Sabrina Sato compartilha momentos da viagem para Paris com Zoe, Nicolas Prattes e família do ator - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato se declara para Nicolas Prattes após Duda Nagle anunciar separação

Fernanda Paes Leme fala sobre hormônios após expor crise na amizade com Bruno Gagliasso - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Fernanda Paes Leme comenta sobre fim da gravidez em meio a afastamento de Bruno Gagliasso

Davi mora na periferia de Salvador - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Esposa de Davi, do 'BBB 24', mostra casa humilde onde eles vivem na periferia de Salvador

Gêmeas siamesas falam sobre relacionamento - (Foto: reprodução/TikTok)

Família

Gêmeas siamesas falam sobre relações íntimas após uma assumir namoro

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Viih Tube comenta que não fará festão para segundo filho - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Viih Tube fala sobre trauma após confusão na festa de filha: "Seu irmão vai ser só um bolinho"