Família

Férias com filhos: aprenda como tirar o passaporte e visto para criança

Ter o passaporte dos filhos válidos é sempre importante antes de começar a planejar uma viagem em família - Freepik
Freepik

Publicado em 05/06/2023, às 11h05 por Marina Teodoro, Editora de digital | Filha de Ana Paula e Gilberto


Férias à vista! E entre os primeiros passos para planejar aquela viagem inesquecível em família está separar e pesquisar a documentação necessária para colocar o pé na estrada. Assim como você, seu filho também deve apresentar o documento exigido pelo destino escolhido, o que significa que as crianças precisam tirar passaporte e visto se a ideia for conhecer lugares fora do Brasil. 

Para conseguir aproveitar a viagem sem preocupações, o primeiro passo é pesquisar quais são os documentos necessários para entrar no país desejado. A advogada Ingrid Baracchini, especialista em imigração, explica que isso é importante porque muitas vezes as regras para tirar uma documentação há alguns anos já não são as mesmas de hoje.

Ter o passaporte dos filhos válidos é sempre importante antes de começar a planejar uma viagem em família (Foto: Freepik)

“Tudo o que é da área de viagem e depende de tratados internacionais muda o tempo todo, de acordo com a presidência, de acordo com acordos bilaterais, etc. Por exemplo, tem hora que o visto americano aumenta o preço, tem hora que cai, o passaporte brasileiro é emitido com uma duração, aí mudam a portaria e colocam outra duração… então existem muitas variáveis que dependem de caso a caso”, reforça.

Como tirar passaporte de criança e bebê

O procedimento para emitir o passaporte de um adolescente, criança ou bebê é parecido com o de um adulto. É preciso reunir toda a documentação necessária, preencher um formulário de agendamento na Polícia Federal, depois pagar a taxa exigida (que atualmente é de R$ 257,25), e escolher a melhor data e local mais próximo para comparecer e entregar a documentação. 

Documentos necessários:

  • Certidão de Nascimento;
  • RG do menor de idade;
  • RG, CNH ou passaporte dos pais;
  • Foto 5 x 7 recente e colorida para menores de 5 anos
  • Protocolo de agendamento (impresso);
  • Comprovante de pagamento da GRU (impresso);
  • Autorização de expedição de passaporte para menor.

Vale lembrar que crianças menores de 12 anos não precisam estar junto com os pais no dia do agendamento. Além disso, após o recebimento dos documentos, o passaporte é emitido em até 20 dias úteis.

Uma mulher disse que preferia viajar em voo com apenas adultos
Viagens para o exterior nem sempre pedem visto, mas caso o destino exija esse documento, é preciso providenciar para crianças também (Getty Images)

O Ministério das Relações Exteriores recomenda manter a foto do passaporte das crianças sempre atualizada, já que a aparência delas pode mudar com mais rapidez. “Não precisa esperar até a data do vencimento, pois é possível solicitar um novo passaporte a qualquer tempo”, afirma o órgão. É por isso também que o prazo de validade do passaporte infantil varia. Confira na tabela abaixo.

Validade do passaporte para crianças:

  • Antes de completar 1 ano: 1 ano de validade;
  • De 1 ano a 2 anos de idade incompletos: 2 anos de validade;
  • De 2 a 3 anos de idade incompletos: 3 anos de validade;
  • De 3 a 4 anos de idade incompletos: 4 anos de validade;
  • De 4 a 18 anos de idade incompletos: 5 anos de validade. 

Outro ponto importante é que agora, na hora de emitir o passaporte do seu filho, você pode declarar autorização para a criança viajar sem os pais, sem precisar de um documento prévio para apresentar no aeroporto. “Houve uma modificação e hoje você tem a possibilidade de colocar a autorização dentro do passaporte do menor de idade, o que foi incrível”, aponta Ingrid.

Passaporte infantil tem validade diferente dos adultos e varia conforme a idade do seu filho (Foto: Freepik)

Segundo ela, antes era preciso preencher um formulário da Polícia Federal, reconhecer firma por autenticidade e esse documento valia por um ano – se passasse daquela data ou se usasse mais de uma vez, tinha que fazer outro.

“Agora na hora de fazer o passaporte do seu filho você tem opção de escolher o que você deixa: viajar com ambos os pais, viajar com apenas um dos pais, ou viajar desacompanhado, aí a avó pode levar, por exemplo. Essa informação no passaporte agilizou muito os processos de viagem”, conta.

Visto para menores de idade

Alguns países como Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão e agora México exigem visto para brasileiros. A documentação e o processo para conseguir o documento depende das exigências de cada nação e deve ser confirmada com o consulado correspondente.

Cada país varia em relação aos documentos necessários para tirar o visto (Foto: Freepik)

Destino definido, é hora de agendar o visto, se for o caso. Esse processo deve ser planejado com antecedência, porque o prazo de entrega pode entrar em conflito com a data prevista da viagem. Esse ano, quem mora em São Paulo chegou a enfrentar uma fila de 18 meses para conseguir o visto de turismo norte-americano – o que pode ter estragado as férias de muitas famílias, já que sem o documento em mãos, é impossível viajar.

No entanto, se os pais ou responsáveis pela criança já tiverem o visto para os Estados Unidos, esse processo tende a ser mais rápido. “O menor de 14 anos não tem antecedente criminal, então não precisa fazer a biometria de dedo, o que agiliza o processo e deixa a fila para agendar menor”, explica Ingrid.

Para conseguir o visto, especialista afirma que o importante é sempre falar a verdade nos formulários e documentações (Foto: Freepik)

Erros mais comuns na hora de tirar o visto

Segundo a advogada especialista em imigração, existem algumas atitudes que podem ser decisivas para ter o visto aprovado e outras que podem contribuir para ter a solicitação negada, principalmente por países mais exigentes, como o dos Estados Unidos.

  • Falta de objetividade: não crie histórias que não sejam reais, diga quais são seus planos. “O visto é sempre aprovado se você fala a verdade”, comenta Ingrid;
  • Não ter vínculo com o Brasil: se o seu visto é de turista, é importante mostrar que você tem interesse em voltar para o Brasil. Apresente documentos que comprovem que você tem bens por aqui e emprego fixo. “Dívidas também são vínculos. Um financiamento pode ser apresentado para comprovar que você deve voltar para o Brasil”, recomenda a advogada;
  • Não declarar o que ganha: mentir o salário ou não declarar a renda completa também pode impedir que o visto seja aceito.

Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Viih Tube fala sobre segundo e terceiro filhos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Viih Tube revela gravidez de segundo e adoção de terceiro filhos com Eliezer

Virginia Fonseca - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Virginia Fonseca toma atitude após Maria Alice empurrar Maria Flor: “Dói mais na gente”

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

MC Loma - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

MC Loma emociona ao contar o que aconteceu com pai biológico da filha: 'Tinha vergonha'