Família

Dicas de sucos sem adição de açúcar!

Fique atenta e saiba como escolher opções saudáveis – que cabem dentro de uma caixinha

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

É normal que o seu filho não demonstre muito interesse em comer frutas, legumes e tudo mais que não tenha aquela aparência tão apetitosa. Por isso, muitas vezes a escolha da mãe é colocar um suco de caixinha na lancheira do pequeno. Docinho, com a embalagem bonitinha e superprático, não dá para negar. No entanto, nem todos são aconselháveis e, é bom que se diga, eles jamais chegarão aos pés no valor nutricional encontrado nos sucos naturais – e principalmente na própria fruta.  Entenda o que é melhor para as crianças, e se optar mesmo pela versão de caixinha saiba como analisar as marcas mais confiáveis e leia os rótulos nutricionais.

Sódio, não! Veja como eliminar o sódio da sua alimentação

Anúncio

FECHAR

Ainda que, durante o processamento, aconteça uma perda de vitaminas e minerais e as fibras também não se fiquem intactas, o suco é uma mão na roda para as mães de crianças que dizem um não categórico ao consumo de frutas. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o qual usou 12 bebidas à base de fruta como fonte, esses produtos vendidos em caixinhas ou garrafas de plástico apresentam alto índice de açúcar, corantes e aromatizantes. Por isso, o ideal é mesmo apostar no natural ou realmente investir nos produtos sem conservantes.

Por isso, as mães que não podem fazer com frequência sucos naturais não precisam se sentir culpadas. O importante é ficar de olho em cada marca e não deixar que a propaganda te encante de maneira errada – já que uma embalagem bem feita pode gerar a falsa sensação de que aquele produto é tão saudável quanto a fruta in natura. “Podemos até usar alguns sucos, que não sejam tão ruins no que diz respeito à composição, mas o melhor mesmo é mandar uma fruta na lancheira e dar bastante água para a criança”, aconselha Lara Natacci, mãe de Victor, Bárbara e Júlia, nutricionista da Dietnet Assessoria Nutricional.

Outra sugestão interessante é deixar claro para o seu filho, desde cedo, o porquê de o suco natural ser uma opção mais acertada – principalmente frente aos refrigerantes. Conseguir essa compreensão por parte da criança não é tarefa fácil, requer dedicação e paciência, mas se conquistada será um aprendizado para vida toda. “Tente também a água de coco. Rica em potássio, ela é um ótimo hidratante, com baixo valor calórico. Mas, o ideal é consumir a água do coco fresco, e não as industrializadas, em função dos conservantes”, explica Lara.

Quais sucos de caixinha comprar?

O suco de fruta, de acordo com o Ministério da Agricultura, precisa ter 100% da fruta, e é bom ficar de olho nas prateleiras do mercado para escolher opções similares e colocar na lancheira do pequeno – sem conservantes e adição de açúcar, claro. “Eu costumo indicar os de laranja pasteurizados da Xandô e da Fazenda, e o de maçã da Yakult”, conta Lara. Outra dica é a marca Do bem – com exceção da limonada – e o suco de maçã do Urso Pooh, vendido no Mundo Verde. “É válido lembrar que a criança deve ser estimulada a beber bastante água, pois, se desidrata facilmente e seu controle de sede não é preciso”, finaliza a nutricionista.

 

Xandô – Suco natural e integral, sem conservantes ou adição de açúcar.

Fast Fruit Gourmet

 

 

Onde encontrar 

Lara Natacci – (11)3582-0660 – http://www.dietnet.com.br/