Família

“A culpa só é útil quando nos faz pensar o que podemos fazer diferente”, diz Daniella Freixo

Psicóloga e Embaixadora Pais&Filhos conduziu palestra sobre educação consciente em São Paulo

Carolina Porne

Carolina Porne ,Filha de Sandra e Rubens

img_0078

Foto: Carolina Porne/Pais&Filhos

A gente sempre fala por aqui que mãe não deve sentir culpa. Isso é fato, mas ela sempre vem, a gente sabe. Por isso, que tal fazer dela um combustível para transformação? Esse é o pensamento de Daniella Freixo, psicóloga e nossa Embaixadora, que esteve em São Paulo nesta quarta-feira (7) para conduzir a palestra “Limites pelo caminho da Educação Consciente”, parte do Projeto Awake.

img_0073

Foto: Carolina Porne/Pais&Filhos

Para Daniela, a culpa vem da necessidade que sentimos de ter respostas para tudo. “Não podemos esquecer que não estamos apenas ensinando uma criança, estamos também aprendendo”, diz. E completa: “A culpa só é útil quando nos faz pensar o que podemos fazer diferente”.

Uma boa saída é buscar sua criança interior. “Coloque você mesma no colo e diga ‘calma, você ainda está aprendendo a ser mãe, e vai continuar aprendendo sempre'”, exemplifica a psicóloga. Por isso, não sinta a menor culpa quando não souber como lidar em alguma situação com seu filho. Fique com o aprendizado!

Anúncio

FECHAR

 

Leia também:

Educar segundo Alexandre Herchcovitch

6 perguntas embaraçosas que seu filho pode fazer (e como respondê-las)

Durante cesariana foi a mãe quem puxou o bebê para fora; veja a foto

Pais&Filhos TV