Família

Caso Ester: polícia procura assassino de menina que foi baleada e morta em briga de vizinhos

Ester foi assassinada em briga por vaga de garagem - Reprodução/ G1 / TV Globo
Reprodução/ G1 / TV Globo

Publicado em 14/07/2021, às 08h05 por Sandra Lacerda, filha de Sandra e José Leonardo


No domingo, 11 de julho, a menina Ester foi morta com um tiro no peito, aos 4 anos de idade, em Santo André. Em uma briga por vaga de garagem, os vizinhos se exaltaram e agora o assassino está sendo procurado pela polícia.

Ester chegava de carro com o pai, a mãe, e mais três crianças da família quando foram abordados pelo vizinho Bruno Freitas. Ele saiu armado de casa e começou a atirar várias vezes contra o carro da família, logo em seguida ele fugiu. De acordo com investigações, o crime foi motivado por uma antiga briga por vaga de garagem que acontecia entre os vizinhos desde 2018.

Os tiros acertaram o peito da menina. O pai, que estava ferido por também ter sido atingido correu com ela até a Santa Casa de Santo André, mas não conseguiu chegar a tempo de  salvá-la. O corpo da criança foi velado na segunda-feira, 12 de julho.

Segundo o portal G1, a delegada Natalie Rodrigues, que investiga o caso, disse: “Os fatos ocorreram por causa de desavenças antigas. Já havia um histórico de brigas entre as partes. Inclusive a vítima disse que já tinha sido ameaçada de morte pelo autor”. O crime foi registrado como lesão corporal, tentativa de homicídio e homicídio.

Ao SP1, uma testemunha que prefere não se identificar, contou que Jorge de Oliveira, o pai de Ester, parou o carro e desceu com a menina no colo e segurava a mão de outra criança. Bruno Freitas teria aparecido nesse momento com a arma na mão e atirado contra a família.

A mãe de Ester teria entrado em luta corporal com o homem, mas ele conseguiu fugir com a companheira. A testemunha relatou: “Ela tentou segurar ele, né, pra ele não fugir. Ele já tinha descarregado toda a arma. Aí ele começou a dar coronhada nela, e fugiu junto com a esposa dele”. As investigações policiais levaram aos parentes da família, que contaram que a companheira de Bruno é prima da mãe de Ester.

Ester foi assassinada no domingo, e Bruno segue sendo procurado pela polícia (Foto: Reprodução/ G1 / TV Globo)

Eles todos moravam em uma viela e precisavam revezar uma única vaga de garagem. As discussões começaram em 2018 por demora para liberar essa vaga. Em uma dessas brigas, Bruno foi esfaqueado, e o conflito foi parar na delegacia. A partir disso,  Bruno  tem ameaçando a família que decidiu deixar o bairro.


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Viih Tube fala sobre segundo e terceiro filhos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Viih Tube revela gravidez de segundo e adoção de terceiro filhos com Eliezer

Virginia Fonseca - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Virginia Fonseca toma atitude após Maria Alice empurrar Maria Flor: “Dói mais na gente”

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

MC Loma - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

MC Loma emociona ao contar o que aconteceu com pai biológico da filha: 'Tinha vergonha'