Família

Brasileira que vive na Espanha faz desabafo: “É um choque ver tantas pessoas morrerem”

A Espanha é o segundo país com mais mortes pela doença - arquivo pessoal
arquivo pessoal

Publicado em 31/03/2020, às 16h39 - Atualizado em 01/04/2020, às 11h15 por Redação Pais&Filhos


A Espanha é o segundo país com mais mortes pela doença (Foto: arquivo pessoal)

“Aqui na Espanha, as pessoas não achavam que a situação ia ser tão grave”, foi assim que a jornalista Andressa Isfer, de 23 anos, filhade Roseli e Eduardo, começou a conversa sobre como as pessoas estão lidando com a disseminação do coronavírus na Espanha. O país já registra mais de 8 mil casos de vítimas fatais pela covid-19, ficando atrás, somente, da Itália, que ultrapassou a marca de 11 mil mortes. 

A Pais&Filhos conversou com exclusividade com Andressa, que está morando e estudando em Barcelona. Ela contou sobre a mudança na realidade do país, como as pessoas estão lidando com crise, falou dos problemas familiares e outras medidas que mudaram a vida dos cidadãos espanhóis. 

  • Quarentena

Andressa contou que, assim como no Brasil, a Espanha está fazendo uma quarentenahorizontal, ou seja, mantendo todas as pessoas em isolamento. Segundo ela, muitas coisas afetaram a cidade. O turismo, uma das principais atividades do local, foi seriamente afetado.

Vale ressaltar que as fronteiras externas do país estão fechadas, e que assim como essa, diversas outras medidas foram tomadas para evitar a propagação do vírus. “Tudo fechou, os principais pontos turísticos, até a Sagrada família”, conta. 

O país já registra mais de 8 mil casos  (Foto: arquivo pessoal)
  • Medidas de prevenção 

Ao falar sobre as medidas adotadas pelas autoridades do país, ela contou: “Primeiramente o governo suspendeu as aulas e decretou estado de emergência, mas ninguém entendia muito bem o que era isso. Um dia depois da ação, eu saí na rua e estava tudo lotado, funcionando normalmente. Foi quando o governo decretou quarentena obrigatória para a população. Acho que nem eu acreditava que a situação estava tão complicada”. 

Além disso, ela relatou que recentemente as pessoas começaram a ficar amedrontadas – se antes todos achavam que era algo simples, depois dos números de contagiados e de mortos subindo, os cidadãos começaram a entender a gravidade da situação. 

  • As famílias

Andressa ressaltou como muitas famíliasestão sendo afetadas. Ela disse que os familiares das pessoas mortas pelo coronavírus não podem fazer um funeral para o parente e não podem enterrar os corpos, eles não têm certeza se o vírus pode se espalhar desta forma.

Então, as vítimas estão sendo cremadas e as pessoas não podem se encontrar e nem se abraçar para chorar pela morte do ente querido. As coisas estão muito tristes. Por essas e mais razões a estudantes deixa claro aos brasileiros: “É um choque ver muitas pessoas morrerem, ninguém sabe o dia de amanhã. A preocupação é necessária, vale lembrar que se preocupar é diferente de se desesperar, mas é tudo incerto, não frequentem aglomerações”, pede. 

Andressa tem 23 anos (Foto: arquivo pessoal)
  • Fique em casa!

Quando ela comentou sobre o confinamento, que assim como no Brasil, eles estão buscando ficar em casa e sair o mínimo possível. A jornalista conta que acha os espanhóismuitos parecidos com os brasileiros. “Uma das coisas que os brasileiros e os espanhóis têm em comum é o senso de humor. Eu acho essencial para deixar as coisas menos tensas. Aqui as pessoas são muito criativas, elas saem às 20h todos os dias nas sacadas dos prédios para aplaudir. Depois, muitos colocam música e dançam a distância. O legal é que todos estão agindo com esperança e otimismo”. 

A estudante tem uma página no Instagram em que mostra a rotina diária em Barcelona. Clique aqui para ver as atualizações de Andressa 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

(Foto: Silvio Avila/AFP)

Família

Doações para o Rio Grande do Sul: veja onde e como doar às vítimas de forma segura

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Nomes bíblicos femininos - (Foto: Unsplash)

Bebês

Nomes bíblicos femininos: veja a lista com opções lindas e fortes para meninas

Ter um diálogo com os filhos fortalece a relação entre o adulto e a criança - Getty Images

Família

37 perguntas divertidas para iniciar uma conversa com seu filho

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Foto: Reprodução/ Tv Globo

Família

Boletim revela estado de saúde de Tony Ramos após cirurgia no cérebro às pressas