Família

Avós de garoto que teve órgãos doados após acidente querem conhecer motorista da carreta

A equipe médica também se emocionou com o gesto dos avós; “você é um campeão, meu filho. Eu sempre vou te amar”, dizia Valéria - Reprodução
Reprodução

Publicado em 25/03/2023, às 07h33 por Redação Pais&Filhos


Os avós do garoto, Guilherme Fernandes Lima, que teve os órgãos doados na última quarta-feira, falaram que querem conhecer o motorista da carreta que colidiu no carro de uma família. O acidente acarretou na morte de 7 pessoas.

Valéria e Jaú Corrêa, os pais de Jhonatan, que também faleceu no acidente, disseram que não entenderam o que aconteceu na fatalidade e aguardam respostas. “Desejo conhecê-lo, sim, mas, agora, estamos tão envolvidos nisso. Se eu tinha condições de vê-lo, eu disse que sim. Nessas horas, em meio a dor, temos que ser fortes. Foi muito duro. A gente acompanha as circulações, mas eu não tive condições nem cabeça para analisar isso. Estou focada em velórios e nos meus netos. Estamos desde sábado nessa correria”, declarou a avó, segundo o Extra.

A equipe médica também se emocionou com o gesto dos avós; “você é um campeão, meu filho. Eu sempre vou te amar”, dizia Valéria (Foto: Reprodução)

De todos os mortos, seis pessoas foram enterradas, dentre elas, quatro crianças. Guilherme teve morte encefálica e esteve em processo de captação dos órgãos depois da autorização dos parentes para a doação.

Sobre a história

Sete integrantes da família de um casal de avós acabaram falecendo em um trágico acidente que ocorreu na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Um de seus netos, Guilherme Lima Correa, foi o único que teve morte cerebral e, com isso, os dois tomaram uma decisão para lá de emocionante: para mudar outras vidas, eles entraram em consenso que doariam os órgãos do menino.

“É um ato gratificante, um ato de amor ao próximo porque nós também sabemos que outras pessoas estão esperando um órgão. Nós sabemos que ele vai estar vivo dentro de alguém. E isso, para a gente, não tem preço”, comentou Valéria Correa, avó de Guilherme.

O triste acontecimento se deu no último sábado, 18 de março. Uma carreta sem observação invadiu a pista contrária e colidiu de frente com o carro que transportava todos os integrantes da família. Os pais e os outro quatro irmãos faleceram no mesmo momento. Apenas os irmãos mais velhos, Christian e Guilherme, conseguiram ser encaminhados ao hospital; o primeiro ainda está internado, mas o segundo não resistiu e faleceu na última terça-feira, 21.

Pela doação, os órgãos de Guilherme foram levados para pacientes do próprio estado fluminense e também de outros estados brasileiros. De acordo com os médicos, até 30 pessoas podem receber tal benefício e terem suas respectivas vidas mudadas para sempre.

No último ano, em 2022, aproximadamente 3,5 mil doações de órgãos aconteceram em todo o país; por outro lado, conforme a Associação Brasileira de Transplantes, tal número poderia ter sido ainda maior. No mesmo ano, mais de 13 mil doadores potenciais poderiam ter participado das doações, mas quase metade das famílias optou pela recusa do pedido.

Rede de apoio no puerpério

A chegada de um filho significa uma nova rotina, saiba como familiares e amigos podem te ajudar nesse processo:


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

O caso do adolescente que m4tou os pais aconteceu no Rio de Janeiro - Reprodução/ Google Street View

Família

Adolescente de 16 anos m4ta os pais a m4rteladas e ateia fogo no quarto que estavam

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Aparelho top

Ofertas do dia: até 43% de desconto no Samsung Galaxy S23

Adolescente se passou pelo pai depois de m4tá-lo - Reprodução/Redes Sociais

Família

Print mostra adolescente que m4tou a família se passando pelo pai para disfarçar o crim3

Ticiane não foi ao aniversário de Vicky - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Ana Paula Siebert explica o motivo de Ticiane Pinheiro não ir ao aniversário de sua filha

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Bebê de 1 ano m0rre após descaso médico: "Tentei esquentar o corpo do meu filho morto"

(Foto: Silvio Avila/AFP)

Família

Doações para o Rio Grande do Sul: veja onde e como doar às vítimas de forma segura