Família

6 maneiras de ajudar seu filho a exercitar a inteligência emocional

Estimular a inteligência emocional das crianças é fundamental para o presente e futuro - Shutterstock
Shutterstock
Parents

Publicado em 06/08/2021, às 16h30 por Redação Pais&Filhos


Mesmo que os estudantes estejam assistindo às aulas presencialmente, ou ainda estejam aprendendo pelo ensino à distância, é inevitável entender que o ano letivo está muito diferente para a maioria das famílias. E, nessas realidades, pais e mães tem trabalho dobrado – já que viram também professores, dentro de casa. Por isso, todo mundo está extremamente estressado.

Assim, como ajudar os filhos a criar resistência emocional para atravessar períodos tão turbulentos de maneira saudável? Ou ainda: como torná-los mais fortes depois de uma pandemia e de tempos de isolamento social? Tudo isso envolve inteligência emocional.

Estimular a inteligência emocional das crianças é fundamental para o presente e futuro (Foto: Shutterstock)

Estudos mostram que crianças que possuem inteligência emocional tiram notas melhores, permanecem na escola e fazem escolhas mais responsáveis para o futuro. Contudo, não são todos os pais que sabem como introduzir uma conversa sobre o assunto para os filhos. Por isso, confira 6 dicas dadas por especialistas para garantir que seu filho seja uma criança emocionalmente inteligente desde cedo!

Crie um “estatuto” da família

Antes de introduzir uma discussão na família sobre inteligência emocional, é muito importante garantir que todos estão na mesma página. Por isso, um “estatuto” da família mostrará quais são os planos de futuro, ambições e virtudes do grupo – e assim garante que as crianças entendam o que realmente importa. Além disso, vale adicionar no “estatuto” informações como quais sentimentos devem ser priorizados na família, e “regras de conduta” sobre como agir em brigas dentro e fora de casa.

Tenha momentos de paz

Quando o mundo está caótico, frenético e saindo do controle, uma das atitudes mais saudáveis com o seu filho é tirar o momento de relaxamento longe dos problemas. Isso inclui simplesmente parar, respirar, e entender o que está sendo sentido naquele exato instante.

Todas as pessoas estão sujeitas ao estresse do dia a dia (Foto: reprodução / Getty Images)

Todas as pessoas estão sujeitas a se sobrecarregarem com a quantidade de estresse dos dias de hoje. Por causa disso, ensinar as crianças sobre a necessidade de um momento de pausa e atenção em uma rotina muito cansativa é muito importante para ensinar não só as crianças, mas toda a família, sobre resiliência

Praticar a inteligência emocional

Por mais que pais se dediquem em explicar e conceituar a inteligência emocional dos filhos, é importante que seja uma prática contínua a empatia, o respeito e as práticas que garantem uma inteligência emocional elevada. Crianças aprendem com exemplos e, por causa disso, é essencial que elas presenciem pessoas com essa habilidade dentro de casa, para que entendam a importância.

Celebre a inteligência emocional do seu filho

Quando o seu filho demonstrar atitudes que demandam inteligência emocional, comemore! Dedicar-se a comportamentos positivos é muito melhor para você e sua família do que gastar energia com os negativos. Assim como você faria com conquistas acadêmicas, por exemplo, celebre os gestos de empatia e gentileza do seu filho, ou apenas demonstre que percebeu o que aconteceu e ficou satisfeito!

Esteja confortável com os seus próprios sentimentos

É importante que as crianças entendam que ser uma pessoa inteligente emocionalmente não significa ter aversão a sentimentos negativos. Essa habilidade não impede que eles sintam raiva, tristeza ou frustração. Muito pelo contrário: significa que, quando esses sentimentos aparecem, você é capaz de reconhecê-los e trabalhá-los da forma mais saudável possível.

É importante que os pais também saibam lidar com as próprias emoções (Foto: iStock)

Crianças precisam compreender que está tudo bem em sentir o que quer que eles estejam sentindo, mas que podemos ensiná-los que existem jeitos corretos de lidar com essas emoções. Os seus filhos precisam enxergar a família, assim, como uma rede de apoio capaz de auxiliá-lo com essas frustrações para um caminho cada vez menos estressante.

Reflita e Retome

Finalmente, cheque constantemente os sentimentos da família – para garantir que todos estão ficando mais inteligentes emocionalmente. Para isso, você pode revisar o “estatuto da família”, para entender o que está funcionando e o que precisa ser alterado ou melhorado. Estude situações que podem servir de exemplo no futuro. Mantenha-se em constante reflexão.

Existe um jeito ainda mais simples, contudo, de revisitar e compreender os componentes que compõem a inteligência emocional: o “ruler method”. Ele consiste no reconhecimento das emoções, em si mesmo e nos outros; entender a origem das emoções; nomear cada sentimento e, então, expressando-os da maneira correta.

A realidade está muito difícil para as crianças. O mundo delas foi virado de cabeça para baixo, e elas precisam entender que dentro de casa é um lugar seguro para expressar os sentimentos ruins vividos do lado de fora. E, para isso, eles precisam das ferramentas necessárias para se tornarem pessoas cada vez mais resilientes, com uma inteligência emocional que será importante no resto da vida deles. E a melhor parte? É que os pais, enquanto ensinam os filhos a desenvolver essas habilidades, desenvolvem também a inteligência emocional!


Leia também

Fernanda Paes Leme fala sobre hormônios após expor crise na amizade com Bruno Gagliasso - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Fernanda Paes Leme comenta sobre fim da gravidez em meio a afastamento de Bruno Gagliasso

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Gêmeas siamesas falam sobre relacionamento - (Foto: reprodução/TikTok)

Família

Gêmeas siamesas falam sobre relações íntimas após uma assumir namoro

A bartolinite é uma infecção que ocorre nos cistos de Bartholin, causando uma inflamação na região da vagina - Freepik

Família

Bartolinite: o que é a bola inchada na vagina e como tratar a infecção

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Manu Bahtidão desiste de fazer apresentação no aniversário de Lua e se diz envergonhada - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Manu Bahtidão pede desculpas e dá veredito sobre polêmica na festa de Lua

Post de Bruno Gagliasso é interpretado como indireta para Fernanda Paes Leme - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Texto de Bruno Gagliasso depois de Fernanda Paes Leme revelar distanciamento é visto como indireta