Família

16 sinais de que você é, realmente, o caçula da família

Huffpost Brasil
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

16 sinais de que você é, realmente, o caçula da família

Os irmãos mais jovens fazem parte de uma turminha muito especial. O caçula nunca conheceu um mundo em que ele fosse filho único. Está acostumado a dividir seu espaço com outras pessoas, a não ser sempre o primeiro e a ser alvo de brincadeiras.

Criativos e rebeldes, também estão acostumados a ter independência –e a usar sua habilidade social para conseguir o que querem.

Anúncio

FECHAR

“Os caçulas são manipuladores, sociáveis, extrovertidos, ótimos com vendas. Quando eram crianças, eles sempre se safavam. Com isso, aprenderam a engambelar as pessoas”, disse ao Huffington Post o psicólogo Kevin Leman, autor de Mais Velho, do Meio ou Caçula e The First-Born Advantage (A vantagem do primogênito).

Você se identifica com isso? Veja 16 sinais certeiros de que você é o caçula.

1. Você sabe como se divertir por conta própria.

O mundo não gira em torno do seu umbigo, apesar de você ser o mais novinho da família. Seus irmãos mais velhos têm atividades esportivas, lição de casa ou amigos bacanas que vêm brincar.

Graças a isso você aprendeu a pegar o controle remoto da TV, um caderno e lápis de cor ou um bom livro e ficar em silêncio. Dizem com frequência que os caçulas são mais criativos (e empreendedores) que seus irmãos mais velhos.

2. Você está acostumado a esperar sua vez.

Normalmente você não é o primeiro a escolher qualquer coisa. Você aprende a esperar sua vez –e curtir quando ela chega.

16 sinais de que você é, realmente, o caçula da família (2)

3. As pessoas lhe dizem com frequência que você é “maduro” ou parece mais velho do que é realmente.

A vida inteira as pessoas lhe disseram que você parece mais velho do que é. Aceite isso como elogio.

4. Você não tem dificuldade em pegar no sono com a luz acesa ou a TV ligada.

Você vive cercado de gente e barulho desde o dia em que voltou para casa da maternidade. Adormecer no sofá enquanto a família assiste a um filme? Não tem problema. Luz acesa no corredor? Você não se incomoda nem um pouco.

5. Você começou a assistir à MTV e a filmes proibidos para sua idade bem antes de muitos dos seus amigos de sua faixa etária.

Provavelmente já conhecia muitos palavrões, músicas com letras impróprias e informações sobre como são feitos os bebês, tudo isso numa idade bem precoce.

6. Muitos de seus melhores amigos não são os caçulas das famílias deles.

Talvez seja apenas impressão, mas nos parece que os caçulas não se dão muito bem com outros caçulas. Nossa hipótese nada científica é que o equilíbrio de poder é distorcido. Pessoas que são caçulas muitas vezes se dão bem com outras que são irmãos mais velhos. (Uma teoria paralela: a mesma coisa se aplica aos relacionamentos amorosos.)

16 sinais de que você é, realmente, o caçula da família (4)

7. Você aprende pela observação dos fracassos e vitórias das pessoas em volta.

É claro que você pode ouvir os conselhos e as regras de seus pais, mas, como caçula, você aprende principalmente pela observação dos outros. E, segundo o Guardian, isso também quer dizer que você tem tendência maior a correr riscos.

8. Você sabe como manipular uma história. Qualquer história.

Algumas pessoas dizem que você nasceu para ser advogado, porque é capaz de fazer qualquer história trabalhar a seu favor. Dizem que isso é ser “manipulador”. Mas é um dom com o qual você nasceu, então faça bom proveito dele.

9. Quando era criança você cansou de usar roupas herdadas de seus irmãos.

Camisetas velhas, blusas usadas, aquele macacão unissex ainda em bom estado – dependendo do gênero de seus irmãos, você pode ter sido beneficiado, e muito. Ou prejudicado. Depende da interpretação que você faz.

16 sinais de que você é, realmente, o caçula da família (3)

10. Você sabe brincar com outras pessoas.

Os irmãos caçulas não costumam ser pessoas solitárias. Quanto mais gente, melhor! Todo o mundo cabe no tanquinho de areia.

11. Mas, quando briga, você sabe que as palavras doem mais que socos.

Você é o menor e o mais novinho. Esperemos que seus irmãos mais velhos não tenham lhe batido muito, mas em todo caso você deve ter aprendido que brigar com palavras é uma maneira eficaz de combater quem tem físico mais forte.

Segundo Jeffrey Kluger, autor de The Sibling Effect, “quando bater nos seus irmãos mais velhos para conseguir o que você quer não é uma opção, você tem que aprender a desarmá-los com uma gracinha.

Ou precisa aprender a aguçar sua intuição.”

12. Você sabe aceitar quando é alvo de uma brincadeira.

Esperemos que você tenha feito bom proveito do maior presente que seus irmãos mais velhos lhe deram: um senso de humor. Sim, você chorava muito, mas também ria à beça. À medida que vai ficando mais velho, você vai aprendendo a rir mesmo quando a brincadeira é com você mesmo.

13. Você tem mais mentores do que conseguiria contar nos dedos das duas mãos.

O fato de ter crescido como caçula faz com que você se sinta à vontade pedindo conselhos e orientação a outros. Ao longo da vida é muito provável que tenha acumulado várias pessoas (familiares ou não) que se interessam por você e estão à disposição para lhe dar uma mão quando for preciso.

De acordo com um estudo de 2013, os irmãos mais jovens buscam conhecimento junto aos que são mais velhos que eles.

14. Você ganhou de mão beijada todas as coisas pelas quais seus irmãos mais velhos tiveram que brigar.

Celular, autorização de namorar quando é bem jovem, poder ir a shows. Seus irmãos mais velhos desbravaram o caminho, e você precisa agradecê-los por isso.

15. Você se contenta com apenas alguns minutinhos de atenção.

Você não precisa de um dia inteiro dedicado a você. Um cafuné de seu irmão, uma horinha abraçado com sua mãe no sofá ou uma dancinha sincronizada rápida com sua avó na piscina são o bastante para iluminar sua semana inteira.

16. E no final, lá no íntimo você tem a certeza de ser o mais amado.

Não há provas disso, mas é verdade.