Fuja de cilada! 🏠

5 dicas para não ter dor de cabeça antes de mudar de casa com sua família

Mudar de casa pode se tornar um pesadelo se você não se atentar em alguns pontos - Foto: Freepik
Foto: Freepik

Publicado em 21/11/2023, às 16h17 por Marina Teodoro, Editora de digital | Filha de Ana Paula e Gilberto


Seja porque a família aumentou, para ficar mais perto do trabalho ou simplesmente pela situação financeira que melhorou, mudar de casa sempre marca o início de uma nova fase. Além disso, em muitos casos, ao escolher uma casa para sua família, você também está lidando com um sonho a ser realizado. Mas é preciso ficar atento: um descuido básico na hora de procurar um novo lar e você pode transformar esse sonho em pesadelo!

Para evitar que sua família não tenha dor de cabeça depois que já tiver fechado negócio, listamos alguns passos importantes na hora de escolher um imóvel e que devem ser cumpridos com muita atenção durante o processo de mudança.

Nesse guia, apontamos tudo o que você precisa saber durante toda a jornada de negociação. As dicas podem ser aplicadas tanto em casos de compra ou aluguel.

quebra-cabeça
É muito importante estar atento a todos esses detalhes na hora de mudar de casa com a família (Foto: iStok)

1. Pesquise sobre a localização

Por mais que essa seja uma etapa bastante inicial na pesquisa por um novo lar, é sempre importante lembrar que além de ser uma localização que faça sentido para a rotina da sua família, um teste prático pode fazer toda a diferença para deixar sua avaliação completa. Ou seja: não se guie apenas pelo bairro escolhido, simule ou faça testes de deslocamento para escola, trabalho ou casa de outros parentes em horários de pico, converse com os vizinhos e analise o entorno da vizinhança. 

"Pesquise sobre a oferta de comércio, serviços e transporte público no bairro e arredores. Avalie também aspectos como segurança, barulho da vizinhança e rotina do condomínio, pois é fundamental que essas questões não impactem negativamente o dia a dia", orienta a imobiliária digita Quinto Andar.

2. Respeite (e limite!) seu orçamento

Quando se trata de compra e aluguel de um imóvel, o céu é o limite. No entanto, sua conta bancária nem sempre pode acompanhar os gostos e necessidades da família, por isso, para evitar endividamentos, é preciso analisar quanto vocês podem pagar.

"Ao fazer as suas contas, lembre-se que, além do valor do aluguel, você precisa considerar outras despesas fixas que terá, como condomínio e IPTU e contas de consumo, como luz, água, gás, TV por assinatura e internet", orienta a plataforma.

Educares financeiros costumam recomendar que o gasto com moradia não ultrapasse 30% da renda familiar. Para ajudar com o planejamento, o QuintoAndar oferece gratuitamente uma ferramenta de calculadora de aluguel, que ajuda a encontrar as melhores opções de imóveis disponíveis, em diferentes cidades e bairros do Brasil, de acordo com o seu orçamento.

3. Capriche na visita

Não tem nada pior do que escolher um imóvel e, depois que você se muda, perceber problemas que não haviam sido notados na visita. Isso pode arruinar sua experiência na nova casa. Esse é um momento muito importante e especial, e o ideal é que você faça com tempo para avaliar todo o imóvel, de preferência acompanhado de um profissional como arquiteto ou engenheiro, e consiga fazer alguns testes, como de barulho, caso você trabalhe de home office (escolha um horário comercial para a visita), por exemplo.

casa
Ninguém quer ter dor de cabeça depois que a mudança já estiver feita, por isso, atenção nas visitas (Foto: Freepik)

Para não esquecer, utilize seu celular para fotografar e gravar o ambiente (principalmente se algum membro da família não pôde vir com você). Leve sempre uma trena para medir as distâncias de móveis e anote tudo, principalmente se você for fazer outras visitas no mesmo dia. Uma bola de gude ou de pingue pongue também pode ser útil na hora de conferir o caimento do piso.

Algumas dicas importantes, segundo o Quinto Andar:

  • Abra todas as torneiras e veja se há vazamentos no momento em que a água escorrer;
  • Procure por rachaduras, sinais de umidade ou infiltrações, inclusive atrás dos móveis;
  • Observe se o ambiente é bem ventilado;
  • Se o imóvel for mobiliado, verifique o estado de conservação dos móveis e eletrodomésticos;
  • Não esqueça de perguntar (ou observar) a direção da janela em relação ao sol – faz toda a diferença se você aproveitar o dia para secar as roupas, por exemplo.
  • Se der, cheque a energia e potência das tomadas;
  • Fique uns minutos em silêncio para avaliar o barulho.

4. Atenção com o contrato

Pesquisa feita, visita concluída, apartamento escolhido! O próximo passo é mais burocrático e sabemos que pode ser bastante cansativo ler e interpretar as várias normas do extenso contrato a ser assinado, mas não deixe de ter atenção nessa etapa. É a partir desse documento que você e sua família estarão protegidos e seus direitos garantidos perante a lei. Se for preciso, acione a imobiliária ou algum suporte jurídico para sanar todas as suas dúvidas e faça contrapropostas daquilo que achar válido. Não assine nada sem ter certeza de que está de acordo.

Segundo o Quinto Andar, os temas mais perguntados nessa fase do contrato, especialmente quando falamos de uma mudança em família, são:

  • Composição de renda entre duas ou mais pessoas para análise de crédito e documentos necessários;
  • Regras contratuais e eventuais restrições para reforma do imóvel (lembrando que qualquer modificação deve ter autorização prévia do proprietário);
  • Preço do aluguel, indexador de reajuste do contrato e demais contas, como IPTU, condomínio e seguro incêndio;
  • Valores de eventuais multas por atraso e informações sobre a garantia locatícia.

5. Não deixe de conferir a vistoria

Em contratos de aluguel, antes do imóvel ser liberado para você e sua família, é comum que uma vistoria final seja feita para avaliar o estado de conservação do local. Essa etapa é fundamental para o fechamento do negócio, já que ninguém quer ter problemas depois que já tiver feito a mudança. A vistoria também serve para, no final do contrato, ao entregar o imóvel, comprovar o que já estava no imóvel e o que aconteceu depois que você se mudou.

setas se cruzando
Não deixe de conferir cada canto da casa, seja na visita ou vistoria (Foto: Getty Images)

"O laudo de vistoria de imóvel é feito na vistoria de entrada, para garantir tanto que as regras de boa utilização do imóvel serão cumpridas pelo inquilino quanto para documentar o que o locador está entregando", aponta o Quinto Andar.

Depois, um novo laudo é feito na vistoria de saída, com o objetivo de conferir se o imóvel está sendo entregue nas mesmas condições de preservação. "De acordo com a Lei do Inquilinato, é de responsabilidade do inquilino que o imóvel seja devolvido, ao final do contrato de aluguel, da mesma forma em que foi entregue", explica a empresa.

Vale ressaltar que o fornecimento de água, luz e gás, por exemplo, estejam interrompidos no momento da vistoria – impedindo que alguns itens do imóvel sejam testados. Nesse caso, o Quinto Andar informa que o inquilino tem cinco dias após se mudar para reportar se algo está com funcionamento comprometido ou em estado diferente do relatado. "Se for o caso, o locatário poderá fazer a contestação de laudo de vistoria de imóvel. Os principais pontos de atenção vão para as instalações hidráulicas, elétricas, chuveiro, ar condicionado, portas, janelas e persianas e mobília".


Palavras-chave

Leia também

Registro feito por Ana Paula Siebert ao lado de Roberto Justus - Reprodução/Instagram

Família

Roberto Justus fala sobre desgaste no relacionamento com Ana Paula Siebert: “Ela odeia”

Daniel Cravinhos pede desculpas para Andreas von Richthofen em carta aberta - (Foto: reprodução)

Família

Daniel Cravinhos escreve carta aberta para irmão de Suzane von Richthofen 21 anos após crime

Sabrina Sato compartilha momentos da viagem para Paris com Zoe, Nicolas Prattes e família do ator - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato se declara para Nicolas Prattes após Duda Nagle anunciar separação

Fernanda Paes Leme fala sobre hormônios após expor crise na amizade com Bruno Gagliasso - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Fernanda Paes Leme comenta sobre fim da gravidez em meio a afastamento de Bruno Gagliasso

Viih Tube comenta que não fará festão para segundo filho - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Viih Tube fala sobre trauma após confusão na festa de filha: "Seu irmão vai ser só um bolinho"

Gêmeas siamesas falam sobre relacionamento - (Foto: reprodução/TikTok)

Família

Gêmeas siamesas falam sobre relações íntimas após uma assumir namoro

Davi mora na periferia de Salvador - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Esposa de Davi, do 'BBB 24', mostra casa humilde onde eles vivem na periferia de Salvador

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer