Especiais

Intolerância à lactose x alergia ao leite de vaca: entenda a diferença

É comum confundir os dois, mas são coisas totalmente diferentes

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

nestleopcao1

Foto: Shutterstock

Hoje em dia, muito se fala em alergia ao leite de vaca e intolerância à lactose. O assunto é importante, mas os termos são diferentes e não podem ser confundidos. Existem dois tipos de reações do organismo ao leite e seus derivados: a alergia ao leite de vaca e a intolerância à lactose.

Também conhecida como APLV, a alergia à proteína do leite de vaca é uma reação do sistema de defesa do organismo às proteínas do leite. Caseína, alfa-lactoalbumina, beta-lactoglobulina são os nomes de algumas dessas proteínas que o nosso corpo não consegue digerir. Portanto, alergia à lactose não existe, pois, a alergia é uma reação à proteína e a lactose é um açúcar presente no leite de vaca. O que existe, sim, e também merece atenção é a intolerância à lactose, quando o organismo não consegue digerir a lactose, que é o açúcar do leite. “Isso acontece porque o organismo produz muito pouco ou nada da lactase, enzima que digere a lactose”, explica o pediatra Claudio Len, pai de Beatriz, Fernando e Silvia.

Quando a criança ingere alimentos com lactose, mas não tem produção adequada da lactase, enzima que faz a digestão desse açúcar do leite, ela pode ter incômodos na parte intestinal, como diarreias, cólicas, gases e distensão abdominal (barriga estufada como balão). Os sintomas podem aparecer em minutos ou horas após a ingestão do leite de vaca.

Anúncio

FECHAR

A alergia afeta todo o sistema imunológico da criança. Por isso, quando o diagnóstico é alergia à proteína do leite de vaca, ela não pode mais consumir nenhum alimento, nem bebida que contenha leite. Já quando a criança tem intolerância à lactose, uma boa alternativa é escolher produtos sem lactose, mas sempre com acompanhamento do seu médico e nutricionista.

Pais&Filhos TV