Especiais

Dia Internacional da Mulher: já parou para pensar em como seria o mundo sem você?

Você faz falta - Getty Images
Getty Images

Publicado em 08/03/2020, às 05h02 - Atualizado em 16/01/2023, às 08h48 por Yulia Serra, Editora | Filha de Suzimar e Leopoldo


Um mundo sem elas. Sem você. Um mundo que não conhece a mulher. É difícil de imaginar e até falta tempo no dia a dia para refletir sobre a sua importância neste universo. Escolhemos uma data significativa, 8 de março, Dia Internacional da Mulher para te propor essa reflexão. Como seria um mundo sem mulheres? A ideia veio de uma iniciativa que surgiu no México e se espalhou em outros países, inclusive aqui no Brasil, que propõe à sociedade pensar em como seria um mundo sem mulheres por um dia. Sem elas em escritórios, escolas, restaurantes, transportes públicos.

Você com certeza já ouviu dizer que as pessoas só sentem falta de algo quando perdem. Talvez uma iniciativa como essa faça o restante da sociedade perceber de fato a importância das mulheres. Ou não. Ainda assim, levamos esse questionamento a sério e transformamos em pauta. Entendemos que, em um mundo ideal, palavras como equidade, sororidade e respeito fossem conhecidas por todas as pessoas. Dessa forma, não seria necessário que as mulheres literalmente parassem suas vidas para mostrar sua verdadeira importância ao restante do mundo.

Juntas somos mais fortes (Foto: Getty Images)

Enquanto esse mundo ideal não chega, é essencial debater entre as mulheres a importância de cada uma para a sociedade. Por isso, convidamos sete embaixadoras da Pais&Filhos para levantar a reflexão e responder à pergunta: como seria o mundo sem você?

Meu mundo sem mim seria talvez um pouco menos de várias pequenas coisas, que fazem dele justamente o meu mundo. Seria um pouco menos alegre, faltariam algumas piadas e maluquices do dia a dia. Seria mais sério, com certeza. Meu mundo, minha casa, certamente seria menos feminina — afinal, são três homens. Faltaria aquela pessoa que lembra da lição das crianças, junta a família toda, organiza os programas de fim de semana, conversa com um quando está brigado com o outro… Faltaria a sensibilidade, o afeto e o coração que só uma mulher e mãe conseguem entregar. Faltaria de tudo um pouquinho. E esse pouquinho deixaria uma falta danada no mundo!”

Fernanda Alfano, mãe de Rafael e Felipe

“Não consigo imaginar o mundo sem as mulheres, até porque não existiríamos. Afinal, mesmo com todo o avanço científico e tecnológico como nasceríamos sem elas? A mulher é o centro, tudo gravita em torno dela, ela é o apoio da família, o aconchego, o amor, o ensino, a experiência, o limite, a realidade e o afeto. Ela é capaz de amar mais que tudo. Ela é colo, carinho, aconchego. Ela é sublime, mas necessária para qualquer ser humano que não seja mulher! Então a figura da mãe nos dias atuais se faz necessária para orientar e tornar nossas crianças mais preparadas para enfrentar esse mundo de adversidades! Um viva às mulheres guerreiras que se desafiam diariamente! Juntas somos mais fortes!”.

Elaine de Pádua, mãe de Isabella e Rafaella

“Se o mundo estivesse sem mim, os meus pacientes não teriam o atendimento que eles têm no consultório, as pessoas que convivem comigo. Eu como mulher sou muito alegre, dou conta de muita coisa, sou amorosa e firme. O mundo sem mim, principalmente para as pessoas que são próximas, certamente não seria tão alegre, com tanto zelo, cuidado e preocupação. O mundo sem mim também seria sem a Guilhermina, o que seria absolutamente sem graça. O mundo sem mim continuaria existindo, mas não com a graça, alegria, energia, otimismo que eu levo a vida, com a perseverança e verdade. Eu, enquanto mulher, contribuo muito para que as mulheres sejam cada vez mais independentes e felizes sem esperar um homem. A felicidade não depende do outro, está dentro de nós mesmas”.

Thelma Parada, mãe de Guilhermina

“O mundo sem mulheres? Nem teria mundo! Quem cuidaria de quem? De onde viriam esses pequeninos cheios de luz? A natureza em si é feminina, não? Mãe Natureza… que a todos abraça e cuida! E o destempero, as ambiguidades, paixões… características tão femininas! Na verdade, o mundo poderia ser bem mais calmo, mas totalmente sem graça! Eu, hein! Prefiro o meu mundo… povoado de mulheres!”

Tania Khalill, mãe de Laura e Isabella

“O mundo sem as mulheres seria mais cinza, mais apático, mais morno e muito previsível, porque nós mulheres trazemos o mistério. O feminino é esse lugar que carrega o mistério da vida, afinal, é através da mulher que a vida se propaga e isso é muito maravilhoso. Dependemos de uma participação do homem, mas a mulher é o veículo de recebimento de novas vidas para esse mundo. Isso é muito mágico e maravilhoso. A mulher é o único ser que contém um órgão projetado para conter o vazio, o útero, e vai ser fertilizado pela vida. Eu me vejo muito presente no mundo para colorir e perfumar”.

Bianca Solléro, mãe de Elisa e Filipe

“Pensei nessa questão ontem à noite, mas deixei para responder hoje cedo. Resultado: sonhei que tinha morrido. E o mundo seguia sem mim. Mais triste, mas não parou por minha causa. Penso que estamos em 2020 e nós, mães, por mais esforçadas e maravilhosas que sejamos, somos menos indispensáveis do que as mães de antigamente, que faziam tudo sozinhas. Quando uma mulher morria, o marido dava os filhos para outras pessoas criarem ou imediatamente se casava com outra mulher. Felizmente vivemos numa época melhor, porque nós mulheres aprendemos a delegar funções e abrimos nosso ninho para que mais gente participe da deliciosa tarefa que é educar os filhos”.

Ana Cardoso, mãe de Anita e Aurora 

“Eu sou uma mulher do século XXI e, por isso, inúmeros conflitos e questionamentos me dizem respeito: carreira, casamento, filhos, família, amigos, casa. Sigo equilibrando meus pratinhos! E se eu não estivesse aqui? O meu mundo simplesmente pararia! É incrível como a mulher transforma o ambiente em que vive, cada uma do seu jeito, com sua individualidade. Somos nós mulheres que impulsionamos o mundo. A maternidade é a plenitude para mim e trabalhar com mulheres neste período me completa. Eu tenho o privilégio de ver mulheres se transformando em mães, seja parindo ou dando o melhor de si para alimentar suas crias. Ao ver essa transformação, eu me transformo, e percebo o quanto somos importantes umas para as outras, e o quanto juntas conseguimos o que queremos. Eu mudo um mundo por dia, seja ao atender uma mulher que sabe que o parto é dela e faz as suas escolhas, ou uma que coloca toda a sua energia em fazer a amamentação dar certo. Juntas somos mais fortes! Meu propósito no século XXI é praticar ainda mais a sororidade que consiste em união e aliança entre mulheres baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum. É a relação de irmandade, união, e afeto entre mulheres que compartilham dos mesmos ideais e propósitos. Seguimos juntas! E, sem mim, meu mundo seria totalmente sem graça!”.

Cinthia Calsinski, mãe de Matheus, Bianca e Carolina

É hora de você também parar para refletir e tirar as próprias conclusões. Pare por alguns minutos e responda. Esse dia deve ir muito além de presentes, flores, chocolates ou mensagens no WhatsApp. É uma data importante para nos lembrar e conscientizar do seu papel, das suas realizações e visualizar o que vem por aí. É hora de olhar para si e perceber o tanto de pessoas que você influencia, apoia e inspira. É dia de se orgulhar de você e, acima de tudo, nunca se deixar ser invisível. Você faz muita falta!


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Aparelho top

Ofertas do dia: até 43% de desconto no Samsung Galaxy S23

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Menino de 1 ano m0rre após caso de descaso médico: "Tentei esquentar o corpo do meu filho morto"

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar