Criança

Nutriente ajuda a melhorar a visão da criança

A luteína é capaz de proteger os olhos contra a luz excessiva e auxiliar no desenvolvimento cognitivo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Você tem prestado atenção nos nutrientes presentes na alimentação do seu filho? Além de carboidratos e proteínas, um componente importante para o desenvolvimento da visão e funções cerebrais das crianças é a luteína. Nunca ouviu falar? Pois saiba que esse elemento está presente no leite materno e é passado para a criança na amamentação. No entanto, quando esse período acaba, é preciso obtê-la por meio dos alimentos.

De acordo com a gerente da Divisão Nutricional da Abbott no Brasil, Patrícia Ruffo, mãe de Laura, a luteína está presente nos olhos, absorvendo potencialmente a luz prejudicial. Nos primeiros meses de vida, a retina é mais suscetível aos danos causados pela luz solar.

“Quando o bebê nasce, ele não enxerga direito, não é capaz de distinguir corretamente as imagens e proteger os olhos. A luteína também fornece pigmento para a mácula – parte central da retina que controla a entrada de luz nos olhos – , possibilitando que a criança tenha mais facilidade em abrir os olhos”, explica Patrícia

Anúncio

FECHAR

Além disso, a luteína também está presente no cérebro infantil em regiões-chave que estão associadas com a memória e a aprendizagem.

Onde encontrar

 Vegetais amarelos, alaranjados, vermelhos e hortaliças verde-escuras, como espinafre e couve. Patrícia conta que 100g de espinafre contém aproximadamente 12 mg de luteína e 100g de couve, 9 mg do nutriente. Quantidades menores podem ser encontradas em brócolis, ervilha, folha de nabo e abobrinha.