Criança

Menina de 9 anos vendida para se casar com homem de 55 anos é resgatada no Afeganistão

No Afeganistão, uma menina foi resgatada por uma ONG após ser vendida pelo pai para um homem de 55 anos - Getty Images
Getty Images

Publicado em 04/12/2021, às 06h14 por Yulia Serra, Editora | Filha de Suzimar e Leopoldo


Parwana Malik, uma menina de 9 anos de idade foi vendida pelo pai para se casar com um homem de 55 anos no Afeganistão. O pai, Abdul Malik, justificou a atitude por não ter dinheiro para sustentar a família.

A empatia é uma qualidade ótima e necessária, que ajuda seu filho a viver melhor e se relacionar de maneira mais saudável com as pessoas ao seu redor
No Afeganistão, uma menina foi resgatada por uma ONG após ser vendida pelo pai para um homem de 55 anos (Foto: Getty Images)

O caso ganhou destaque em novembro de 2021 quando a CNN repercutiu a notícia. O vídeo da menina chorando enquanto era levada embora e depois, tentando fincar o pé no chão para não ir comoveu diversas pessoas ao redor do mundo.

Com isso, a ONG Too Young to Wed (TYTW), dos Estados Unidos, “Muito Jovem Para Se Casar”, em tradução para o português, que como o próprio nome indica trabalha no combate ao casamento infantil, decidiu agir e conseguiu com que a menina saísse da casa do “comprador”.

Agora, Parwana, os irmãos dela e a mãe, Reza Gul, foram realocados para uma nova casa, com a autorização do pai das crianças. “Estou muito feliz. A (organização de caridade) me livrou do meu marido e meu marido está velho”, comemorou a menina em entrevista à CNN.

A mãe da menina também comentou após o resgate que a venda havia sido feita contra a própria vontade e reforçou a alegria por ver os filhos brincando e se divertindo tranquilos. Com a repercussão do caso, até a comunidade local criticou a atitude.

Stephanie Sinclair, fundadora da TYTW, também falou sobre o assunto: “É uma solução temporária. O que estamos tentando fazer é impedir que as meninas sejam vendidas para o casamento”.

Mesmo com essa ajuda, o pai da menina ainda deve cerca de US$ 2.200 ao comprador, algo em torno de R$ 12.500, na conversão atual, quantia que a organização sem fins lucrativos irá colaborar para quitar.


Palavras-chave
CriançaAfeganistão

Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Foto: Reprodução/ Instagram

Bebês

Fernanda Paes Leme recusa visitas após o nascimento da filha: "Não consigo e não quero"

Alok faz anúncio em vídeo no Instagram - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Alok compartilha vídeo em família para anunciar: "Agora somos 6"

Graciele Lacerda fala sobre chegada de filho com Zezé di Camargo - Reprodução/Instagram

Família

Graciele Lacerda fala sobre chegada de filho com Zezé di Camargo

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Bruna Biancardi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Bruna Biancardi comemora chegada de novo bebê na família: "Já amamos"

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

O corpo começa a dar sinais de que vem bebê aí bem antes da menstruação atrasar - Getty Images

Gravidez

Sintomas de gravidez: nos primeiros dias, que ninguém sabe, de menino e menina e muito mais