Criança

Como deixar seu filho longe dos piolhos

Para evitar a contaminação, o melhor é não compartilhar objetos pessoais e ficar esperto

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Quem já pegou piolho na infância sabe: é incômodo, causa coceira e irritação. E geralmente passa de criança para criança na escola. Se seu filho aparecer em casa coçando a cabeça, examine bem e, se for o caso, compre produtos e acessórios específicos. Mesmo antes da coceira aparecer, dá para prevenir: “É importante utilizar um pente fino em todos os membros da família, principalmente se a escola detectar um contágio de piolho em algum aluno. Além de manter uma higiene regular dos fios”, explica a pediatra Gabriele Ulmer.

De acordo com a pediatra, o pente fino é o meio mais eficaz de combater o piolho e as lêndeas dos cabelos, porque consegue capturar os parasitas que estão presos entre os fios ou escondidos. Já o pente convencional não consegue ter esse alcance e o piolho vai continuar incomodando. “Se não for tratado adequadamente, pode trazer complicações mais sérias, como dermatite com lesões na região da cabeça e nuca e escoriações”, finaliza Gabriele.

Anúncio

FECHAR

Veja algumas dicas para evitar os piolhos:

Mantenha a distância – Durante o período de aula, evite brincadeiras ou contato cabeça com cabeça. Parece difícil, mas essa é a forma mais eficaz e rápida de prevenir os piolhos.

Cada um com seu – Procure não compartilhar objetos pessoais, como bonés, pentes e escovas de cabelo, roupas de cama e elástico de cabelo com outras pessoas. Se for necessário, use água quente para fazer a higienização dos objetos.  

Sempre limpo – Para as meninas que têm cabelos compridos, mantenha-os sempre limpos. Deixar a maior parte do tempo preso também ajuda.

Caça aos piolhos – Faça vistoria no couro cabeludo e nos fios do cabelo dos seus filhos depois que eles voltarem da escola.