Criança

Acidentes com animais peçonhentos crescem 157%

Veja como se prevenir de acidentes com animais peçonhentos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

07/11/2012


Viagens e passeios durante os finais de semana e até mesmo nas férias são sempre bem-vindos. Os pais podem descansar e ver os filhos brincando tranquilamente em casas de campo ou praia. Mas até mesmo passeios em lugares tranquilos podem trazer alguns riscos. De acordo com o Ministério da Saúde, entre os meses de novembro a março, aumentam os acidentes provocados por animais peçonhentos.

De dez anos para cá, houve uma aumento de 157% no número de notificações, somente no ano de 2011, ocorreram mais de 139 mil acidentes com 293 óbitos. Eduardo Caldas, coordenador da Unidade Técnica de Vigilância em Zoonoses do Ministério da Saúde, relaciona o aumento de acidentes ao desequilíbrio ecológico e ao período reprodutivo desses animais- que coincide com o período de férias.

Anúncio

FECHAR

No caso de alguns animais, os acidentes podem ser mais frequentes nas cidades e ão no campo. A região Sudeste, por exemplo, é campeã no número de acidentes com escorpiões: foram mais de 22 mil casos registrados em 2011. O Ministério da Saúde ainda alerta para os cuidados que as pessoas devem ter:

– Em caso de acidentes, a pessoa deve ser encaminhada o mais rápido possível para o hospital, durante o socorro, ela deve se mover o mínimo possível;

– O membro atingido deve ser colocado em uma posição mais elevada em relação ao corpo e o local da picada deve ser lavado apenas com água e sabão;

– No caso de acidentes com águas-vivas e caravelas, deve ser aplicada compressa de água gelada do mar;

– Nunca use outras substâncias como urina, cachaça, borra de café em nenhum tipo de acidente por animal peçonhento.

 

Prevenção de acidentes com escorpiões e aranhas

– Utilize calçados e luvas em atividades rurais ou jardinagem;

– Examine calçados e roupas pessoais, de cama ou banho, antes de usá-las;

– Vede frestas e buracos em paredes, assoalhos, forros e rodapés;

– Procure limpar ao menos uma faixa de dois metros de terrenos baldios próximos à sua casa;

 

Acidentes por serpentes

Não ande descalço, utilizando sempre sapados fechadas associados a perneiras (ou botas de cano longo), e luvas de couro nas atividades rurais e de jardinagem;

– Nunca coloque as mãos em tocas ou buracos na terra, ocos de árvores, cupinzeiros, entre espaços situados em montes de lenha ou entre pedras;

– Controle o número de roedores existentes na área para evitar a aproximação de serpentes venenosas que deles se alimentam;

– No amanhecer e no entardecer, evite a aproximação da vegetação muito próxima ao chão, gramados ou até mesmo jardins, pois é nesse momento que as serpentes estão em maior atividade.
 

Acidentes com lagartas:

Ao realizar atividades de jardinagem ou qualquer outra atividade em ambientes silvestres, observar bem o local – troncos, folhas, gravetos – antes de manuseá-los, fazendo sempre o uso de luvas para evitar o acidente.
 

Veja como prevenir que seu filho se machuque ao brincar

 

 

Pais&Filhos TV