Colunistas

Que saudade eu tenho da Bahia

Levar os filhos para curtir um pouco da essência da minha terra é uma forma de resgatar a cultura e deixá-los perto das nossas raízes

Momento corujando os filhos na piscina. tem meninos mais estilosos?

Momento corujando os filhos na piscina. tem meninos mais estilosos?

Sempre falo aqui em casa que as férias só são verdadeiramente férias se a gente consegue dar um pulinho na Bahia. Eu morro de saudades da minha terra, do cheiro, do ar quente que encontra o nosso rosto quando descemos do avião e do “vai uma acarajé quentinho aí, freguesa?” da baiana na porta do aeroporto. Os meninos nasceram aqui, e são paulistinhas com direito a “porrta” e “porrr favorrr”. Não passaram a infância com a minha família. Então eu sempre faço questão de levá-los à Bahia, de colocá-los em contato com a minha cultura, comidas, a minha família e amigos e, claro, aproveito para matar a saudade também.

Nem sempre ficamos em Salvador. A Praia do Forte é o nosso verdadeiro paraíso, onde gostamos de passar dias, o fim de ano, as datas comemorativas da família e veranear. Mas dessa vez o nosso destino de férias foi outro. Conhecemos Costa do Sauípe, que fica a 20 km da nossa casa em Praia do Forte, com o objetivo de oferecer uma superestrutura de lazer para as crianças. E poder curtir, só nós, uns dias de calor baiano.

Porque eu queria ter um pouco de paz também (lembrar que mãe também é gente!). E quando estamos em Salvador é aquele corre-corre. Visita um, o outro, passa ali, acolá… isso cansa! Dessa vez o meu roteiro incluía…. nada! Nenhum compromisso. Apenas quatro dias de pernas pro ar, sem dirigir, com os meninos de sunga, fora do frio de São Paulo.

Anúncio

FECHAR

Gabriel pôde curtir muito a monitoria do hotel, fez amigos, mas passou muito tempo comigo também. Rafinha acordava e falava “água”, pedindo para irmos para a piscina. Os dois aproveitaram cada momento dessa nossa última viagem de férias, à beira-mar, sem moletom ou calça comprida.

Ter esse tempo reservado para meus pequenos durante as férias, mesmo que apenas nos fins de semana, me deixa tranquila de que estou passando um tempo de qualidade com eles. Não consigo sair o mês todo de julho, então encaixar programas rapidinhos, de três ou quatro dias, me faz reservar 100% do meu tempo para eles.

Não temos regras, a não ser a de não perder o café da manhã! Vale guerra de travesseiro, vale dormir todo mundo grudadinho, repetir a sobremesa e vale até dormir sem tomar banho (afinal, segundo Gabriel, quem fica o dia todo na piscina está bemmm limpoinho). A única coisa que não vale, nos nossos dias de férias, é ter saudade do videogame!

(Veja mais sobre o hotel em que ficamos,  o Costa do Sauípe,  aqui!)

IMG_20150717_130327234_HDR

Almoço típico com direito a acarajé e abará

IMG_20150718_244015696

Carinho de uma tia que foi nos visitar e me entregou todas as edições da Pais&Filhos que ela leu durante a gravidez da Bahia! Coisa de família.

IMG_20150718_162603087_HDR

Fim de tarde com cheiro de praia.

 

Pais&Filhos TV