Colunistas

O tão esperado segundo trimestre

Chegamos ao fim do primeiro trimestre e deixamos para trás a parte chata e desconfortável da gravidez. Agora é esperar a barriga crescer e aproveitar!

Engana-se quem pensa que eu vou falar da ultrassonografia morfológica da 12a semana. Até porque já temos muita informação sobre isso e todo mundo sabe que é um momento tenso, que ficamos com um nó na garganta até ver que está tudo bem com o bebê. O que eu quero compartilhar hoje com vocês é um: ebaaaa! Lá se foram as 12 chatas semanas da gravidez! 

Chatas porque a gente fica insegura de tudo, até da certeza de que está realmente grávida. Chata porque não pode fazer nada, às vezes nem contar que está esperando um bebê. E, porque, convenhamos, sendo o primeiro, o segundo ou o terceiro filho, dá sempre aquele frio na barriga. 

Mas essa semana tudo mudou! Uau! A mamãe aqui acordou milagrosamente mais disposta, voltou a correr e a fazer academia, voltou para a drenagem, parou de vomitar e já está novamente liberada para namorar o marido! Ufa, euforia coletiva at home

Anúncio

FECHAR

E como diz a minha médica: seguro morreu de velho. Diante de todos os cuidados recomendados para o primeiro trimestre de gestação, seguimos praticamente todos. Principalmente por conta de um minidescolamento na placenta que apareceu na oitava semana e também dos enjoos e das indisposições que me acompanhavam dia após dia.     

Assim como a cólica do bebê some “do nada” no terceiro mês, a gente realmente acorda melhor na 12a semana de gestação. Sai aquele medinho e começa a aparecer uma alegria e o orgulho de ter feito o filho vingar na barriguinha, que já começa a aparecer. Bem, pelo menos comigo está sendo assim, e pela segunda vez! 

O meu limãozinho (sim, agora ele tem o tamanho de um limão) já está bem crescidinho e me proporcionando, agora, mais momentos de felicidade e euforia do que de insegurança e angústias. 

Para os meus meninos (o pai e o filho mais velho), agora temos de volta uma mãe mais disposta (ainda um pouco dorminhoca, confesso!) e mais tranquila com o fato de ser mãe pela segunda vez. 

Entramos no segundo trimestre da gravidez. Aquele considerado por quase todos os médicos – e por mim também – como o mais divertido, prazeroso e mágico. Aquele no qual a barriga “explode”, o humor reaparece e você se sente, fisicamente, mãe!

Para celebrar este momento mágico, domingo volto às minhas provinhas de corrida. Não serão os 21 quilômetros tão amados da meia-maratona, mas apenas 5. Pra dar um gostinho e fazer esse bebê curtir um pouco a endorfina! Semana que vem conto como foi!

Pais&Filhos TV