Coluna

Crianças precisam ser crianças: cabe aos adultos permitir isso

Crianças precisam brincar muito - (Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Publicado em 24/01/2024, às 09h56 - Atualizado às 09h56 por Dra. Ivanice Cardoso


Pra começar o ano com um foco ajustado, proponho aqui uma reflexão: o quanto temos sufocado nossos filhos? Antes de você ficar bravo comigo, te proponho olharmos ao nosso redor e elencar o quanto nos tornamos intolerantes com as "coisas de criança". E minha proposta tem tudo a ver com o uso excessivo e não intencional de telas.

Logo que as aulas terminaram e as férias começaram, as crianças no meu prédio começaram a “brotar” dos apartamentos. E junto com a alegria e farra delas começaram a surgir as reclamações. Houve quem sugerisse que os pais mantivessem as crianças dentro dos apartamentos. Para não incomodar os demais. Houve uma mãe de pré-adolescentes (sim, você não leu errado) que se “gabou” do filho ficar somente em casa, brincando com videogame. Por consequência, o filho dela não incomoda ninguém.

Seu filho precisa brincar, se sujar, e ser criança (Foto: Getty Images)

E aí, alongando o nosso olhar para fora do meu prédio, olhamos ao nosso redor e vemos crianças nas telas, enquanto sentados nos restaurantes. A princípio, podemos pensar que os pais são “desinteressados”. Mas se formos mais a fundo, podemos concluir que esses pais estão cansados.

Além do cansaço natural do maternar também estão cansados de terem que se desculpar por terem filhos que, como qualquer criança, estão sendo educados a conviver de forma sadia em espaços públicos. Sem perceber sufocamos os sons e o livre respirar das nossas crianças.

Veja, apesar dos vários alertas das Sociedades de Pediatria no mundo sobre sedentarismo infantil, prejuízos no desenvolvimento neuropsicomotor por ausência de estímulo físico, redução na capacidade de pleno desenvolvimento pela redução do brincar livre, comprometimento emocional por baixa interação social, muitos adultos ainda saem na defesa de que criança “sob controle” é criança parada, quieta.

Aos poucos estamos sufocando crianças e adolescentes. Estamos adoecendo e neurotizando a vida deles em sociedade com a necessidade extrema e excessiva de controle. E toda essa neurose coletiva, que também sufoca pais e mães, vai produzir toda uma sociedade cada vez mais doente e entristecida.

O uso excessivo e não intencional de telas é o tempero amargo nesse processo. Vai desconstruindo a nossa capacidade de perceber vida ao nosso redor, nossa vontade de mais cores e sons e reduz nossa tolerância ao que não está sob nosso controle. Vai deixando o nosso mundo, interno e externo, triste e cinza demais.

E como sempre gosto de apontar minhas conversas aqui na direção da vida, do que é de bem, quero concluir a minha proposta assim: vamos permitir o direito das nossas crianças de “serem crianças, como crianças”? Daquelas que riem alto, discutem e já fazem as pazes, que chegam com ralados nos joelhos, que brinquem nos condomínios, ruas, praias ou parques, como crianças? Você topa? 2024, estamos prontos para curar nossas intolerâncias, respirarmos melhor e sermos mais felizes!


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Sabrina Sato compartilha momentos da viagem para Paris com Zoe, Nicolas Prattes e família do ator - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato se declara para Nicolas Prattes após Duda Nagle anunciar separação

Lima Duarte posa com filhas, neta e bisneta e faz homenagem no Instagram - Reprodução/ Instagram/ @limaduarte

Família

Lima Duarte compartilha foto com mulheres da família: “Damas de minha vida”

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Lima Duarte faz primeira publicação depois de dar a notícia de falecimento da filha - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lima Duarte aparece pela primeira vez após morte da filha: "Ter fé"