Colunistas

Por um mundo com mais bolsos

"Roupas femininas são mais justas para expor nossos corpos e sem bolsos, para termos que comprar bolsas e não sermos práticas"

falta-de-bolso

(Foto: Shutterstock)

Mães do mundo, uni-vos. Vamos protestar. Queremos mais bolsos e bolsos com mais profundidade. Não aceitaremos mais bolsos falsos. Calças terão que ter 4 bolsos, no mínimo. Os modelos cargo devem vir com 6. Casacos e vestidos longos, não finjam que não é com vocês. Queremos bolsos de verdade, que não furem e a gente perca as chupetas e os Legos no fundo do casaco.

Vocês acham que a gente gosta de macacão? Gosta nada. É horrível para fazer xixi. E péssimo para combinar com os sapatos. Mas, eles têm bolsos e por isso usamos tanto. Sobre os sem bolso, não vou nem comentar. São uma vergonha.

A indústria da moda é machista. Roupas femininas são mais justas para expor nossos corpos e sem bolsos, para termos que comprar bolsas e não sermos práticas. Quanto custa uma bolsa que comporte nossas coisas? Quanto custa encher uma calça de bolsos? É toda uma matemática pra gente sair de casa perdendo as coisas se não quiser andar de bolsa.

Anúncio

FECHAR

Quando eu ando na rua, evito até levar o celular, imagina que eu vou querer andar com uma bolsa. A mochila sempre é uma opção. Mas, precisava mesmo complicar a nossa vida?

Essa história dos bolsos é antiga. Lá num passado remoto, as pessoas carregavam a grana numa bolsinha amarrada na cintura chamada algibeira. As mulheres usavam embaixo das saias. Adivinha se uma mulher poderia acessar sua grana em público?

Para pensar:

O site “The Atlantic” fez uma pergunta pertinente sobre o tema em um texto publicado em 2014. Mesmo depois de tanto tempo, em uma era em que mulheres conquistaram tantos dos espaços que antes eram ocupados apenas por homens — como uma indústria cujo público que foca sua comunicação e produtos nas mulheres ainda não se deu conta de que elas também precisam de bolsos?

“Um homem pode simplesmente deslizar as chaves e o iPhone para dentro do bolso para sair para uma reunião com os amigos. Uma mulher que vá na mesma reunião ou precisa carregá-los na mão ou precisa trazer a bolsa toda com ela — um sinal definitivo e claro de que ela é uma mulher”.

Por isso, nos rebelemos. Vai ter mãe só com celular na reunião com a professora sim. E vai ter mãe que não trouxe um lanchinho, nem mesmo dinheiro, porque simplesmente não tinha guardar o mesmo.

Lutemos, por um mundo mais justo, onde até os pijamas venham com bolsos onde possamos esquentar nossas mãos no inverno.

Leia também:

Paladar dos bebês começa a se formar na barriga da mãe

Casal lutou para ter um filho e vieram cinco de uma vez; veja as fotos

 

Pais&Filhos TV