Bebês

Papinha certa

Saiba quais nutrientes combinar para ter a papinha ideal para seu bebê

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A partir dos 6 meses, seu filho poderá começar a comer as famosas papinhas. Mas os pais – ou quem prepara essas primeiras comidas do bebê – devem se atentar a algumas coisas importantes, como quais alimentos usar e quais evitar ou como combinar nutrientes para que a papinha não fique carente em algumas coisas e sobrecarregada de outra. As autoras Mayra Abbondanza, Patrícia Abbondanza e Rafaela Norbert, do livro O que Fazer Para Meu Filho Comer Bem, (ed. DBA) explicam que como regra geral, as papinhas devem ser feitas com um item dos grupos:

A) Proteína: carne (sem gordura), peito de franfo (se pele), peru, peixe (após os 12 meses) ou ovo (após 6 ou 7 meses de vida).

Anúncio

FECHAR

B) Hortaliça ou legumes: acelga, alface, folha de beterraba, espinafre, vagem, cenoura, beterraba, brócolis, couve, repolho, aspargo, couve-flor, chuchu, couve-de-bruxelas, abobrinha (você pode escolher até três ingredientes desse grupo).

C) Tubérculo ou cereal: batata, mandioquinha, inhame, mandioca, cará, abóbora, arroz, semolina, aveia, cevada, centeio, milho, painço.

D) Leguminosa (proteína vegetal): ervilha, feijão, soja, grão-de-bico, lentilha…

Os grupos A e D fornecem as proteínas, por isso não é preciso colocar os dois em todas as papinhas. E, se mesmo olhando essas opções, não veio nenhuma inspiração para preparar uma papinha diferente para seu filho, veja as dicas de combinações ricas em sabores e nutrientes:

Frango + mandioquinha + espinafre + manjericão

Frango + vagem + mandioquinha +cebola + sálvia

Carne + cenoura + lentilha + cebolinha

Peixe + batata-doce + espinafre + cebola

Brócolis + mandioca + soja + cebola +manjericão

Carne + beterraba + batata +cebolinha

Frango + couve-flor + grão-de-bico + cebola + hortelã

Gema de ovo + chuchu + inhame + salsinha

Peixe + acelga + aspargo + cará + cebola