Bebês

No berço e estressado

Recém-nascidos ficam mais nervosos quando são colocados no berço

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Pesquisadores analisaram quais são os efeitos que separar um bebê de sua mãe nas primeiras horas de vida pode causar nos pequenos e descobriram que os berços podem até duplicar o nível de estresse deles.

Os resultados do estudo, feitos em uma universidade na África do Sul, mostram que o estresse dos pequenos aumenta até 176% quando estão sozinhos dormindo no berço, seja durante a noite ou quando nascem prematuramente e necessitam de cuidados especiais.

O coração de bebês de dois dias foi monitorado enquanto eles estavam em berços e quando estavam com as mães. Os responsáveis pelo estudo ainda não sabem quais são os efeitos a longo prazo deste aumento de estresse nos recém-nascidos.

Anúncio

FECHAR

Barak Morgan, responsável pela pesquisa, diz que já havia indícios de que a separação entre a mãe e o bebê nas primeiras horas e dias de vida era estressante para o recém-nascido, mas que este estudo “sugere que há um fator estressante psicológico muito maior para o bebê”.

Vale lembrar que deixar o bebê em contato com a mãe depois do parto não só acalma os pequenos, como mostra a pesquisa, como também ajuda a amamentação. Os bebês já nascem com o instinto de “sugar” o peito da mãe, estimulando a produção de leite.

Pais&Filhos TV