Bebês

Dicas práticas para arrumar a bolsa do bebê antes do passeio

Veja nossas dicas para não deixar faltar nada para seu filho fora de casa

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

Pelo menos, uma troca de roupas é essencial para sair de casa com o bebê (Foto: Shutterstock)

Pelo menos, uma troca de roupas é essencial para sair de casa com o bebê (Foto: Shutterstock)

A partir do segundo mês de vida, os bebês já podem de sair de casa para passeios rápidos. Esse é o momento em que os pais já podem apresentar o filho para os amigos e aproveitar mais os momentos em família. Como saber, no entanto, os itens que o bebê vai precisar fora de casa?

Leia mais:

Trocar em qualquer lugar: nossas sugestões de trocadores portáteis

Anúncio

FECHAR

Quantas fraldas o seu filho vai precisar até chegar ao penico?

Os produtos que você precisa levar na bolsa de praia

Tudo depende de quanto tempo o bebê vai passar fora de casa, mas alguns itens são essenciais. A enfermeira especializada em neonatologia Luciana Santos, filha de Edson e Dirce, recomenda uma fralda a cada três horas. “Levar três na bolsa é uma boa quantidade para não faltar em nenhuma hipótese”, acrescenta Luciana, que também é orientadora do curso de gestantes do Hospital e Maternidade Santa Joana.

Também é importante levar trocas de roupas, caso o bebê se suje ou o tempo mude. “O ideal são algumas peças mais frescas e outras mais quentes para o bebê não passar frio, nem calor”, alerta a enfermeira. Se essas roupas sujarem, também é importante ter em mãos sacos plásticos para não contaminar as outras coisas da bolsa.

Creme antiassadura, lenços umedecidos, fralda de pano e álcool em gel para a mãe fazer higienização das mãos também são itens que não podem faltar na bolsa de passeio do bebê. A nutricionista Carla Muroya, mãe de Catharina, que tem pouco mais de três meses, segue todas essas recomendações na hora de preparar os pertences para sair de casa com a filha. Ela só acrescenta mais dois itens: chupeta e escova de cabelo.

Carla Muroya já deixa tudo organizadinho antes de sair de casa com a filha (Foto: Shutterstock)

Carla Muroya já deixa tudo organizadinho antes de sair de casa com a filha (Foto: Arquivo Pessoal)

E engana-se quem pensa que a bolsa do bebê fica cada vez mais vazia com o passar do tempo. Depois dos seis meses de vida, os bebês precisam de ainda mais coisas quando vão dar um passeio fora de casa.

Nesta fase, bebê já está começando a comer papinhas e frutas. “Sendo assim, é preciso carregar as comidas em recipientes térmicos, água filtrada e potinhos com a quantidade certa de fórmula para fazer a mamadeira do bebê, se a mãe não estiver mais amamentando”, lembra a enfermeira.

Giovana, de 2 anos e 11 meses, e , já está nessa fase e a mãe Adriana Muroya também compartilhou com a gente o que ela ela na bolsa de passeio (Foto: Arquivo Pessoal)

Giovana, de 2 anos e 11 meses, e , já está nessa fase e a mãe Adriana Muroya também compartilhou com a gente o que ela ela na bolsa de passeio (Foto: Arquivo Pessoal)

Além de todos esses componentes, é importante que a mãe tenha na bolsa a carteirinha do convênio, um termômetro, antitérmicos e analgésicos prescritos pelo médico. “Seja qual for a idade do filho, esses itens são básicos para uma emergência”, alerta a especialista.

É claro que você sabe melhor do que ninguém o que é importante para o seu bebê! Arrume a bolsa e bom passeio!