Bebês

Como limpar a boca antes de nascerem os primeiros dentes

Acreditar que a limpeza só deve acontecer depois dos primeiros dentes é um erro. Veja como fazer a higiene e produtos que podem te ajudar

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Logo antes de o bebê nascer, toda futura mãe já se prepara para aprender a dar banho, cortar as unhas, limpar o umbigo, trocar a fralda, usar bombinhas para limpar o nariz… Mas e a boca? Será que ela não precisa mesmo ser higienizada enquanto os primeiros dentinhos não nascem? A verdade é que acreditar nisso é um erro, já que a higiene bucal é importante desde os primeiros dias de vida, pois começa a prevenir o aparecimento de doenças bucais. E o melhor: dá início a um hábito saudável que será levado pela vida toda.  

Anúncio

FECHAR

Aprendendo a higienizar
A higiene deve ser feita após as mamadas, sempre que o bebê regurgitar e antes de ele dormir. Pode até parecer um exagero, mas criar esse hábito é essencial para remover os restos de leite e alimentos da boca. E fazer isso é supersimples: é só pegar uma gaze umedecida com água e passá-la nos lábios, gengivas e também na língua do bebê. Hoje em dia, há no mercado diversos produtos para crianças pequenas que ajudam nessa limpeza e podem facilitar a tarefa: são como lencinhos umedecidos, mas próprios para a boca.

Como escolher o melhor produto
A grande dúvida dos pais na hora de escolher produtos dentais para os filhos é em relação à segurança. Afinal, é difícil mesmo saber o que pode ou o que não pode ter nas substâncias que colocamos em contato com as crianças. No caso das soluções higienizadoras (ou de lenços que já vêm umedecidos com essas soluções), o importante é procurar produtos com óleos essenciais antifúngicos e antibacterianos que possam ser ingeridos sem risco algum. É bom lembrar também que não se deve utilizar produtos com flúor ou álcool, pois eles podem causar intoxicações, principalmente quando usados em bebês.

Mas isso é eficaz mesmo?
Sim e, em geral, a limpeza com esse tipo de solução costuma ser ainda melhor do que aquela feita apenas com a gaze umedecida com água. Isso porque além de remover o depósito de alimentos, as propriedades dos óleos essenciais previnem o desenvolvimento de doenças como a cândida (mais conhecida como “sapinho”) e também de outras doenças de mucosa.  

Consultoria: Dra. Marcia Amar, mestre e especialista em Odontopediatria, que atende gestantes, bebês, crianças e adolescentes.