Bebês

Como escolher a iluminação do quarto do bebê

Optar por pequenos pontos de luz espalhados e luzes indiretas deixam o quarto mais aconchegante

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

A iluminação do quarto do bebê não é um mero detalhe: pode fazer toda a diferença na hora de deixar o ambiente mais aconchegante e o sono do seu filho mais tranquilo. Se você não sabe por onde começar, a gente te dá uma luz.

Anúncio

FECHAR

Posição

De acordo com a arquiteta Letícia Guillon, mãe de Lara, o primeiro aspecto a ser observado é se o ambiente tem forro no teto ou se a luz será instalada direto na laje.

Ambientes que têm forro permitem um jogo de luzes bem bonito. Nesses casos, Letícia recomenda o uso da iluminação indireta, obtida por arandelas e spots colocados no gesso ou no forro, deixando o quarto muito aconchegante sem ofuscar a vista de ninguém. Já os ambientes sem forro podem utilizar luminárias pendentes. O importante é que a luz seja indireta.

Para a designer e proprietária da Mamma Lu Boutique, Luciana Centrone, a luz nunca deve ser colocada em cima do berço, da poltrona ou da cômoda. O correto é usar um abajur próximo à poltrona de amamentação.

O dimmer, aparelho que regula a intensidade da luz, também é uma boa opção, pois além de ser fácil de instalar, traz versatilidade para a mãe, caso ela queria clarear ou escurecer o ambiente, conforme o momento do dia ou da noite. Também existem abajures que regulam a intensidade de luz, o que pode ser mais prático do que instalar o dimmer.

Lâmpada

Também é importante observar o tipo de lâmpada que será utilizada. Letícia recomenda lâmpadas de LED, por causa do custo benefício: são econômicas e não esquentam.

A Phillips lançou recentemente uma lâmpada de LED que permite controlar e personalizar a iluminação, ligar e desligar remotamente e reproduzir cor de fotos na decoração do ambiente. A lâmpada HUE pode ser controlada via smartphone ou tablet (iOS e Android). São três lâmpadas que podem ser instaladas em soquetes comuns. Para utilizá-las, é preciso baixar o aplicativo HUE no smartphone ou no tablet e configurar a lâmpada. Entre as possibilidades de interação, também é possível ajustar o brilho da luz branca ou criar qualquer cor e salvar as combinações de luz favoritas para cada ambiente ou hora do dia.

E quando meu filho crescer

“Caso o layout  do quarto do bebê não seja alterado, o ambiente poderá continuar com a iluminação original. Trocar o berço por uma cama não necessita de uma mudança de iluminação. A não ser que ocorra uma troca nas posições dos móveis, ou seja, colocar a cama encostada em uma parede que tinha iluminação direta (focada para baixo), por exemplo”, esclarece Letícia.