Família

Vacinação na gravidez: entenda a importância da imunização para proteger o seu filho ainda no útero

Getty Images
Getty Images
GSK

Publicado em 09/08/2019, às 14h41 - Atualizado em 30/01/2020, às 19h22 por Jennifer Detlinger, Editora-chefe | Filha de Lucila e Paulo


Toda mãe se preocupa com a saúde e bem-estar do filho. Logo após a descoberta da gravidez, você tenta fazer tudo que pode para que o bebê fique saudável e se desenvolva da melhor forma. Durante a gestação, a mãe compartilha tudo com o bebê: genética, oxigênio, nutrientes e também anticorpos que podem ajudar na proteção do bebê contra doenças. Por isso, o cuidado com a imunização deve começar ainda na gestação.1,4

Você sabia que existem vacinas especialmente recomendadas para as grávidas?1 Colocar a caderneta de vacinação em dia durante a gestação é essencial para a saúde da mulher e do recém-nascido.6 As vacinas tomadas durante a gestação protegem a mãe e também podem ajudar a proteger o bebê durante os primeiros meses de vida contra doenças como a difteria, tétano, coqueluche, gripe e hepatite B.1,3,5,6

“A vacinação durante a gravidez é um momento muito importante tanto para a mulher quanto para o bebê. Durante a gestação, a mãe que toma a vacina passa a produzir uma série de anticorpos, que é o nosso mecanismo de defesa. A mãe é capaz de transferir os anticorpos ao bebê enquanto ele ainda estiver no útero, conectado à placenta, e também depois, através da amamentação”, explica a pediatra Bárbara Furtado (CRM-RJ: 72109-3), mãe de Henrique e Rafael, gerente médica de vacinas da GSK. Esse cuidado é muito importante pois os bebês irão nascer com esses anticorpos que podem protegê-los nos primeiros meses de vida, até que completem o seu esquema vacinal primário.1,5

(Foto: Getty Images)

Para falar sobre a importância da imunização materna na prevenção de doenças como a coqueluche, a Pais&Filhos se juntou com a GSK para o encontro Coqueluche: Proteção de mãe para filho. No dia 15 de agosto, vamos levantar esse assunto com especialistas, mães e pais, além dos nossos embaixadores e influenciadores, durante uma manhã inteira de conversas, troca de experiências e muito aprendizado.

Andressa Simonini, nossa editora-executiva, vai comandar um bate-papo com o Dr. Igor Padovesi (CRM-SP 134.933), ginecologista e obstetra, nosso colunista e pai de Beatriz e Guilherme, e com a Dra. Bárbara Furtado. Fique de olho em nossas redes sociais para não perder nenhum detalhe do encontro. Vamos transmitir o bate-papo em tempo real através de uma live no Facebook, a partir das 11h. Também dá para acompanhar todo o conteúdo pelas hashtags #VacinaCoqueluche #Coqueluche #ImunizaçãoMaterna #ProteçãodaGestante #Gravidez.

Outra atitude que pode ajudar a evitar a transmissão de doenças para o bebê é manter bons hábitos de higiene, como lavar as mãos e cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar.2

Não deixe de consultar o seu médico.

Referências:

1. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Vacinação gestante: sucesso de proteção para mãe e 2018. Disponível em: <https://vacinasparagravidas.com.br/public/docs/guia-da-vacinacao.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019

2. CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Pertussis (Whooping cough). Prevention. 2017. Disponível em: <https://www.cdc.gov/pertussis/about/prevention/index.html>. Acesso em: 25 jul. 2019.

3. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário de vacinação SBIm gestante: Recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – 2019/2020 (atualizado até 28/04/2019). Disponível em: <https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-gestante.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019

4. A melhor forma de prevenir a coqueluche é manter vacinação em dia. 2016. Disponível: <https://portal.fiocruz.br/noticia/melhor-forma-de-prevenir-coqueluche-e-manter-vacinacao-em-dia>. Acesso em: 19 jul. 2019.

5. Ministério da Saúde. Vacinação: calendário nacional de vacinação. Disponível em: <http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/jpg/2019/marco/22/Calendario-de-Vacinacao-2019-Atualizado-Site-22-03-19.jpg>.Acesso em: 19 jul. 2019.

6. FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. Programa Vacinal para Mulheres. São Paulo: FEBRASGO, 2017. 170p.

Material dirigido ao público em geral. Por favor, consulte o seu médico.

NP-BR-BOO-PRSR-190007 – JULHO/2019

Leia também:

Imunização materna: a importância de se vacinar para proteger o seu bebê ainda no útero

Coqueluche: a importância de vacinar quem cuida do bebê antes mesmo do nascimento

Gravidez: vacinas que você precisa tomar


Palavras-chave

Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Copo Stanley - Divulgação

Super desconto

App Day Amazon: os famosos copos térmicos da Stanley com até 55% de desconto

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto do filhos - Reprodução/ Instagram

Família

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto dos filhos em fotos nas redes sociais

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer