Bebês

O primeiro resfriado

Quando seu bebê fica doente você só quer fazer com que ele se sinta melhor. Nós te ajudamos!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

primeiro-resfriado

Seu bebê está se desenvolvendo e crescendo plenamente com aqueles sorrisinhos e movimentos de quem está descobrindo o mundo. Mas eis que chega seu primeiro resfriado e tudo parece bem mais complicado do que você imaginava. É difícil ver o bebê sofrendo com aquela tosse insistente e a coriza constante – para piorar ele não é capaz de dizer o que está sentindo – e você logo pensa “Será que ele está conseguindo respirar bem?”.

De acordo com a pediatra do Grupo de Médicos Memorial Northwestern, em Chicago, Anita Chandra-Puri, a maioria dos resfriados dura de três a cinco dias. “Normalmente, basta que você tenha paciência e preste atenção durante o período em que seu bebê se recupera”. Veja as perguntas e respostas mais importantes para os pais que estiverem passando pela primeira gripe do bebê.

Anúncio

FECHAR

Eu posso impedir que meu filho fique gripado?

Você provavelmente já fez o que podia. “Os bebês já nascem com os anticorpos que foram passados para eles através do cordão umbilical durante a gestação. Esses anticorpos ajudam seu filho a lutar contra gripe e resfriados que surgirem nos primeiros seis meses.

Além disso, o leite materno traz ainda mais anticorpos”, afirma Sheela Rath Geraghty, professora associada do Centro Médico Infantil de Cincinnati, nos Estados Unidos. E, sinceramente, você não pode mesmo fazer muito mais do que isso, especialmente se a criança tiver um irmão mais velho ou se passar muito tempo com fumantes. Se qualquer um em sua casa ficar doente, tenha certeza de que essa pessoa lave sempre as mãos e que evite limpar o nariz na manga da roupa – crianças costumam fazer bastante disso.

O nariz dele está bem entupido. Como posso ajudá-lo a respirar?

Para limpar o nariz do seu filho, coloque duas gotas de soro fisiológico em cada narina da criança. Depois, sugue todo o muco com um aspirador de borracha, lembre-se de antes de inserir o aspirador, apertar bem o bulbo para que todo o ar saia do nariz da criança. Coloque a ponta do aspirador dentro de uma das narinas e desaperte o bulbo para que a secreção saia. Termine de limpar com um lencinho de papel.

Eu devo me preocupar caso ele perca o apetite?

As tosses e espirros podem fazer com que ele perca o apetite. Isso também pode acontecer porque quando a criança fica congestionada, comer torna-se mais difícil porque ela não consegue respirar enquanto engole. Para não deixar que ele desidrate, diminua a quantidade de comida nas refeições e ofereça pequenas porções menos espaçadas. Lembre-se de tentar limpar o nariz da criança aproximadamente 15 minutos antes da refeição.

Se ele der sinais de desidratação – como não ter molhado a fralda uma só vez no período de seis a oito horas, estar sonolento e com dificuldade para despertar ou não tiver soltando lágrimas quando chora – ligue para seu pediatra.

Como possa saber se é algo mais grave que uma gripe?

A gripe apresenta sintomas parecidos, como corrimento nasal frequente, tosse, mudanças no padrão de sono e febre suave. “Ligue para seu médico se o bebê tiver três meses ou menos e apresentar uma temperatura maior que 37,7°C”, afirma a médica Chandra-Puri. Se ele tiver mais que três meses e a temperatura estiver maior que 38,8°C, você pode dar paracetamol, mas ligue para seu médico caso ele não responda ao medicamento ou se a febre persistir por mais de um dia.  A maioria dos remédios para a gripe não é recomendada para crianças com menos de 6 anos de idade.

Você também deve ligar para o pediatra caso seu bebê apresente erupções cutâneas, se a respiração estiver rápida ou difícil, ou se a tosse se agravar. Na maioria dos casos, seu bebê só precisará de uma dose extra de amor materno.