Recém-Nascido

Na amamentação, a melhor forma também pode ser a fórmula

Mãe faz desabafo sobre não poder amamentar a sua filha

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

Annie Ferguson Muscato desabafou em sua página no Facebook sobre não conseguir amamentar sua filha (Foto: Shutterstock)

A maternidade vem acompanhada de muitos desafios. Por mais que nos preparemos ao máximo, muitas surpresas acontecem e então nos resta lidar com elas e solucioná-las da melhor forma possível. Este é o caso de Annie Ferguson Muscato, que se preparou para amamentar a sua filha e, ainda assim, não conseguiu por um problema de intolerância da menina.

No dia 16 de abril, a mãe postou um desabafo em sua página porque estava em um mercado comprando fórmula para a sua filha, quando uma pessoa a abordou dizendo que leite materno era melhor. O texto de Annie é emocionante, você pode conferir a tradução aqui:

Leia também

Anúncio

FECHAR

Translactação ajuda mães que não podem amamentar

Amamentar evita uma nova gravidez? A gente te explica

Mães precisam ser orientadas sobre amamentação logo após o parto

“Querido estranho no Target [rede de lojas de varejo americana],

Você não precisava ter dito para mim, ‘peito é melhor’ enquanto eu estava comprando uma lata de fórmula, porque eu já sei.
Eu sei que meu marido e eu animadamente tivemos quatro horas de aula sobre amamentação quando estava grávida.
Eu sei que meu bebê imediatamente ficou pele a pele e se alimentou do meu peito dentro de uma hora após seu nascimento, porque era importante para mim.
Eu sei que nós conversamos com uma consultora de lactação antes de levá-la para casa, e novamente algumas semanas depois.
Eu sei que nós sofremos no começo. Aquelas poucas noites em que ambas choramos juntas. Que minhas queridas amigas juraram que iria melhorar. Eu sei que elas estavam certas, e melhorou.
Eu sei que ‘peito é melhor’ assim como você.

Mas, deixe-me dizer o que mais eu sei.
Eu sei que meu bebê começou a gritar depois que ela comia. Contorcendo-se de dor. Inconsolável.
Eu sei que durante o último mês e meio eu bombeei exclusivamente e tentei mamadeiras com fluxo lento de leite materno, eu tentei diferentes posições, visitei outra consultora de lactação.
Eu sei que segurei minha criança, meu bebê, enquanto ela gritou durante horas – um dia durante oito horas seguidas.
Eu sei que visitamos o pediatra pelo menos duas vezes por semana desde que ela nasceu.
Eu sei que tentei cortar soja, laticínios, e folhas verdes da minha dieta para que meu leite ficasse mais digestível para ela.
Eu bombeei – e ainda estou bombeando – o suficiente para ter centena de onças de leite materno no meu congelador ainda que ela nunca seja capaz de usá-lo.
Tudo porque ‘peito é melhor’.

E então finalmente, nós tentamos a fórmula hipoalergênica livre de proteínas do leite que você me viu comprando hoje. E os gritos diminuíram. E meu bebê começou a sorrir. Ela começou a interagir. Ela começou a dormir.
E eu chorei. Porque pensei que peito era melhor. Eu pensei que meu corpo falhou com ela. Eu pensei que ela não seria tão saudável com fórmula.
Eu sei que você pensa que eu não me importo ou que sou preguiçosa, ou talvez você estivesse genuinamente tentando ser útil e pensou que ninguém nunca havia me dito os benefícios da amamentação.

Mas, você está errado. O que eu sei e você não é que peito NEM sempre é melhor. Eu sei que um bebê feliz e saudável é. Eu sei que comer é melhor.
O que eu tenho certeza de que ambas sabemos é que paternidade é difícil. Realmente difícil. Que às vezes nos planejamos e o que queremos apenas não funciona, mas todos estamos aqui tentando fazer o que é melhor para nossos bebês.

Então, querido estranho, na próxima vez em que você ver alguém comprando fórmula, tente lembrar que as mães devem apoiar umas às outras. Pense sobre tudo o que você não deve saber. Lembre a si mesma que ‘comer é melhor’ e sorria porque isso significa que alguém ama o próprio bebê o suficiente para fazer o que é melhor para ele.

Com amor,
Outra Mãe Fazendo Seu Melhor e um Bebê Mais Feliz Alimentado Com Fórmula

PS: Queridos amigos, por favor sintam-se livres para compartilhar isso na esperança de que as pessoas que precisam do lembrete o vejam. (E em troca eu vou prometer não mais bombardear sua timeline com mais textos sobre paternidade!)”.

Vídeo: como as pessoas reagem à amamentação em público

Desvendamos 9 mitos sobre amamentação