Pais

Banho a três

Flagramos as diferenças entre pai e mãe de primeira viagem

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Gostamos de acreditar que os pais participam cada vez mais do cotidiano dos filhos e, claro, das atividades ligadas a eles.  É lógico, que pais e mães têm jeitos diferentes de fazer as coisas, mas o resultado no final é o mesmo. Nós fomos ver de perto se isso realmente é verdade, acompanhando uma sessão de banho da Carolina, de 10 dias, filha de Fabiana Trebilcock de Freitas e Bruno Freitas.

Anúncio

FECHAR

A primeira grande descoberta foi que realmente a mãe não cuida mais sozinha da rotina do bebê, como era antigamente, pelo menos com esse casal. O pai participou ativamente. E cada um assumiu responsabilidades nesse momento gostoso, mas também tenso, para pais de primeira viagem. Fabiana tirou a roupinha da Carolina, enquanto Bruno preparou a banheira e as toalhas. Ela se mostrou mais insegura, o que é super normal, então foi Bruno que tomou as rédeas e pegou o bebê para iniciar o processo de lavagem da cabecinha. Ele parecia relaxado, enquanto ela utilizava o dom natural das mãos macias para ensaboar inicialmente a cabeça. Aparentava querer acabar logo, afoita com o frio, enquanto ele batia o maior papo com a filha.

Feito isso, foi a hora de banhar o corpo. Fabiana não se propôs em nenhum momento a segurar Carolina, assumiu que tinha medo. “Ela ainda é muito pequena.” Mas executou com dedicação a função de lavar cada dobrinha. A cada sinal de chorinho, ela se apressava e Bruno continuava a bater papo com Carol. Bruno parecia mais leve, apreciando o momento, sem tanta preocupação. Fabiana, mais nervosa, esperava terminar e amamentar logo. Os sentimentos eram diferentes, mas, no final, ambos, cada um à sua maneira, cumpriram o mesmo objetivo: deixar Carol cheirosa e limpinha.