Pais

5 habilidades que toda mãe devia ter

Listamos as habilidades que toda mãe gostaria de ter

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Junto com o cargo de mãe deveria vir manual de instruções de crianças e algumas habilidades que seriam 100% proveitosas. E olha que a lista nem é tão extensa assim, vai!

1. Contar uma história inventada

Comece com um conflito (“Era uma vez um reino onde aconteceu um problema”) e apresente o herói ou heroína com uma característica marcante (gosta de pintar, adora animais, etc.). Um detalhe como ser banguela ou ruivo pode ajudar. Integre as atividades que a criança fez no dia à história. Se vocês ficaram presos no congestionamento, dê asas ao carro, por exemplo.

Anúncio

FECHAR

2. Dizer não quando os outros pais dizem sim

Em vez de apelar para o velho bordão “porque eu disse que não”, diga: “Outras famílias têm suas regras, e nós temos as nossas”. Não é tão difícil quanto parece. Você também pode acrescentar: “Não estou dizendo ‘não’ para te deixar chateado, mas porque acho que fazer isso não vai ser bom para você. Esse é meu trabalho – fazer o que acho que é melhor pra você”. 

3. Fazer crianças comerem vegetais

Essa é difícil e a gente escuta bastante história. Enfeitar o prato sempre ajuda. Mas, se você não tem o talento de transformar uma berinjela numa bruxa de guarda-chuva, faça coisas mais simples: misture abobrinha ralada ao rocambole de carne. Corte cenouras, tomates e batatas em pequenos pedaços e misture no omelete. Faça purês de legumes e misture ao molho de tomate.

4. Achar um banheiro quando seu filho está apertado

Estações de metrô nem sempre têm banheiros públicos, mas, se você explicar que é para uma criança, costuma ser possível usar o dos funcionários. Em viagens longas de carro, leve penico, lenços umedecidos e uma garrafa de água. Ensinar a manter certos cuidados de higiene nesses lugares públicos já é outro capítulo.

5. Trocar uma fralda em qualquer lugar

Muitos banheiros de lanchonetes e restaurantes têm trocadores, mas na ausência deles, use o banco de trás do carro, um banco de praça ou recline o carrinho mesmo. É possível que as pessoas por perto torçam o nariz mas,nem ligue: na falta de opção é assim mesmo. O melhor é ter um trocador portátil sempre dentro da bolsa, com os outros itens básicos de higiene.