Pais

Sem gritos

A gente sabe que é bem difícil não perder a calma e sair aos berros com nosso filho para que ele se comporte bem. Mas aqui estão algumas ideias para contornarmos a situação

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

gritar

Naqueles momentos em que seu filho te deixa maluca, você pode sentir que ele está sempre se comportando mal. Ao invés de perder o controle e gritar com ele, veja 10 maneiras de ficar mais calma e, ainda assim, estabelecer os limites necessários.

 

Anúncio

FECHAR

Respire

Inspire. Expire. Repita. Às vezes, tudo o que você precisa é de um momento para se acalmar. Você falou para seu filho guardar os brinquedos e se preparar para dormir. Cinco minutos depois quando você foi olhar, estava tudo fora do lugar. Você começa a sentir o sangue ferver. Vire-se, feche os olhos e respire. Espere um momento para se recompor e controlar a emoção. Pense do que você vai dizer e o faça calmamente.

 

Reprove o comportamento

Todos temos bons filhos, mas às vezes o comportamento deles não é legal. Ao disciplinar as crianças tentamos ser positivos, menos quando se trata de comportamento. De alguma forma, imaginamos que punir é a melhor ferramenta, mas não precisa ser. Quando seu filho bate no amigo enquanto estão brincando, é fácil gritar para que ele pare e não faça mais isso. Ao invés disso, reprove o comportamento e aproveite a oportunidade para ensinar porquê bater é errado.

 

Seja séria sem ser má

Ao invés de gritar, use um tom sério, mas suave quando for instruir o bom comportamento. Os direcionamentos que mais causam impacto nas crianças geralmente são aqueles severos e até gentis. Quando você fala com um tom de voz calmo e firme o seu filho tem que se esforçar para ouvir. Quanto mais você falar desse modo, mais impacto suas palavras terão e menos vezes você terá que repetir aquilo e se irritará menos.

 

Ajude-o a expressar sentimentos

Antes de se irritar porque seu filho se comportou mal, tente entender o que está causando esse comportamento. Um dos maiores motivos para que as crianças desobedeçam é que eles não encontram outra maneira de demonstrar seus sentimentos. Quando seu filho ficar bravo com o amigo porque ele destruiu o castelo de Lego, ensine-o que ele não deve bater no amigo quando fica bravo; ao invés disso, ele deve parar e dizer “estou bravo com você”.

 

Tenha regras claras e as siga

Não levar a sério os seus acordos vai levar o seu filho a te testar, o que te deixará bastante bravo. Se você disse para o seu filho que ele deve colocar o pijama naquele momento, senão não poderá assistir desenho, respeite isso. Ele demorou mais tempo do que você estipulou para se trocar? Quando ele estiver pronto coloque-o diretamente na cama e explique que, naquele dia, ele não poderá assistir o seu programa favorito porque não respeitou as regras.

 

Elogie o comportamento na média

Os pais elogiam o bom comportamento e reprimem o mau, mas e quanto ao comportamento que fica no meio, nem lá nem cá? Crianças amam ganhar atenção de seus pais. Se você elogiá-lo por ter comido toda a comida, mesmo que não seja muito e que ele tenha mesmo que fazer aquilo, ele vai adorar e repetirá a atitude outras vezes. Isso fará com que você se irrite e grite menos.

 

Um laço forte torna a disciplina mais fácil

Quanto mais forte for a relação com seu filho, mais eficaz sua disciplina será. As crianças querem ser próximas dos pais, aproveite-se disso para reafirmar o laço de vocês. A relação não só ficará mais forte, como ele terá um maior respeito por você, aceitando melhor tudo o que você disser.

 

Ponha-se no lugar do seu filho

Você se chateia quando alguém grita com você? É, pois é, o seu filho também. O objetivo dos pais deve sempre ser colocar seu filho para cima e deixá-lo feliz, jamais fazê-lo ficar triste. A gente sabe que você jamais faria isso de propósito, mas às vezes acontece. Antes de sair gritando pense em como ele se sentirá triste e até humilhado com essa bronca tão alta.

 

Bons hábitos para comer e dormir

Crianças saudáveis são as crianças mais felizes. Alguns pais subestimam o poder de uma boa alimentação e uma boa noite de sono para o comportamento do filho. Os maiores problemas de comportamento das crianças vêm da fome ou do sono. E isso também vale para você. Quanto mais balanceada a dieta e o sono, menos irritados todos ficarão.

 

Não somos perfeitos

Não importa o quanto tentemos, às vezes vamos deslizar e gritar. E está tudo bem, desde que saibamos fazer isso de forma correta. Seu filho está te azucrinando o dia todo, você tentou ficar calmo e seguir todos os passos e você sente os nervos à flor da pele. É então que a menor pisada de bola do seu filho te descontrola, você eleva a voz e nada pode apagar isso. Tudo bem, mas explique para o seu filho o que aconteceu. Com calma, conte que você não queria gritar e não queria ficar bravo, mas que é muito chato quando ele não ouve; peça para que ele se esforce para se comportar melhor, pois assim você também irá.