Notícias

Grupos apoiam quem perdeu bebê

Conheça grupos de apoio, que entendem os casos de perda, e podem ajudar muito

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Pais que perderam seus bebês podem se sentir muito desamparados e, principalmente, sem ter com quem conversar sobe o assunto. Alguns grupos suprem essa falta, tornando possível falar sobre a experiência com pessoas que tambpem passaram por ela. Aqui no nosso site, você encontra pais que viveram essa perda no fórum. Conheça os grupos:

Projeto Ártemis

O Projeto Ártemis, com sede em Portugal, foi fundado em 2001 por Maria Manuela Pontes – que já sofreu duas perdas e entende muito sobre dor – e conta com um consultório virtual, no qual é possível fazer perguntas sobre perda gestacional. O espaço tem a ajuda de médicos, recebe – pela Internet mesmo – mães do mundo inteiro e promove palestras, encontros e homenagens aos pequenos. A missão da ONG é a luta pela dignidade e afetividade numa dor que ninguém gostaria de sentir.

Anúncio

FECHAR

Site: http://www.projectoartemis.pt/

Consultório virtual: http://projectoartemis.blogs.sapo.pt/2012/04/04/

 

4 Estações Instituto de Psicologia

O 4 Estações Instituto de Psicologia, é um grupo brasileiro de profissionais da área, formado há 15 anos, que tem como proposta ajudar e contribuir para a superação de perdas. Formado pelas psicólogas Gabriela Casellato, Luciana Mazorra, Maria Helena Pereira Franco e Valéria Tinoco, elas buscam difundir o conhecimento sobre luto e minimizar os riscos desencadeados por ele. O Instituto promove atendimentos em situações de crise, capacita profissionais, elabora material didátido para fins educativos e realiza eventos sobre o tema.

Site: http://www.4estacoes.com/

 

Livros

Maternidade Interrompida, de Maria Manuela Pontes

A autora, mãe de Vitória e Matheus, criadora do Projeto Ártemis, com sede em Portugal, sofreu dois abortos espontâneos e entende muito sobre a dor de quem passou pela experiência. O livro reúne depoimentos francos de mães, que dizem o que geralmente não têm coaragem de contar numa conversa sobre esse doloroso tema.

Ed. Summus (www.gruposummus.com.br), R$ 53,80

 

Por que perdi meu bebê?,  de Marcelo Cavalcante, Ricardo Barini e Candice Torres de Melo 

Ainda que exista um conhecimento consolidado sobre perdas gestacionais, não existe uma boa divulgação dessas informações para a população. O livro aborda o tema de maneira objetiva e visa ajudar no tratamento de casais com histórico de perdas gestacionais.

Ed. Marcelo Cavalcante, R$29,90

 

 

Perdi meu bebê. Por quê?, de Simone Mendonça Diniz 

A obra conta com a narrativa de Simone, que passou pela experiência de aborto espontâneo, além de uma abordagem sobre o que passa na mentes de mulheres, casais e famílias inteiras que passam pela mesma situação. A busca de tratamentos, os sentimentos envolvidos e a superação: um livro para quem passou por isso e para quem pretende ajudar alguém.

Ed. LivroPronto (www.livropronto.com.br), R$27,90