Notícias

Foto eleva autoestima de grávida

Dicas para você registrar com bom gosto esse momento seguindo a máxima de menos é mais

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A gravidez, principalmente a primeira, sempre nos surpreende pela capacidade de revolução de nosso corpo. Ao mesmo tempo em que é tudo muito natural, afinal essa missão é só nossa, vivemos sensação inéditas, semana a semana. Normal que a gente queira registrar para sempre a barriga. E fotógrafos especializados em gestantes não faltam por aí. Mas também é plenamente possível fazer o registro de modo caseiro. Conversamos com a fotógrafa Mariana Valentini, mãe de Juliano, uma adepta do ‘menos é mais’, para te dar umas dicas, e claro, te inspirar com seu trabalho.

Você poderia dar algumas dicas para as mulheres que não têm como arcar com uma sessão de fotos, mas gostariam de registrar esse momento, com ajuda de seus familiares, por exemplo?

Anúncio

FECHAR

Quem quiser ser fotografada, aconselho chamar uma amiga a um parque ou praça bonitos, câmera em punho e looks bem clean. Em uma tarde bonita, com a luz do entardecer… Fica muito bonito.

Como surgiu seu interesse por fotografar grávidas? 

Surgiu em 2007, na minha gravidez. Sou uma mulher magra e quando vi meu corpo mudar tanto, minha barriga crescer loucamente, eu queria guardar para sempre aquele momento, pois eu desconfiava que seria o último, tanto que não tive mais filhos. O pai do meu filho Juliano é fotógrafo e me deu todo o apoio e conhecimento para eu entrar nessa nova profissão.

Observando suas clientes, nota que é importante para a autoestima delas registrarem esse momento?

Sim. Creio que neste momento, a autoestima das mulheres varia bastante, ora você se acha maravilhosa, ora você se acha apenas uma mãe, meio rechonchudinha. Porém as fotos, que realmente ficam lindas e registram um momento tão feliz e único na vida delas, as deixam felizes e seguras.

Você procura saber um pouco mais sobre gostos e anseios da grávida antes de fotografa-las?

Sim, antes de começar cada sessão, e mesmo antes de marcar, converso com a cliente e verifico que se meu estilo é o que ela mais gosta. Eu prezo pelo clássico, sem inventar muita moda e sim com uma luz bonita, pois creio que depois de alguns anos as fotografias mais simples são as que as pessoas mais gostam. Pergunto se elas querem mais ou menos fotos PB, se querem nu, ou seja, tento descobrir o estilo da futura mamãe.

O que você considera de mau gosto em fotografias de grávidas?

Eu realmente não gosto de superproduções para esse tipo de foto. Acho que existe uma linha muito tênue entre o bonito e o cafona em fotos de gestantes. Eu prezo pelo bom gosto, simples e atemporal.

E quais os erros mais comuns que as pessoas cometem ao fotografar grávidas?

Cada um tem seu gosto particular, mas eu acho que quanto mais “enfeitado” o cenário, mais chance de cair no brega. Sou muito fã de fotos PB por esse motivo. Captam o momento, o olhar, de uma forma simples e forte.