Notícias

Bebê nasce com estilhaços de bomba depois que sua mãe foi atingida por míssil

A menina nasceu de uma cesariana de emergência após sua mãe ter sido ferida. O incidente com a bomba aconteceu na Síria

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Bebê sobrevivente 1

Os ataques que têm acontecido na Síria desde 2011 já foram responsáveis pela migração de 4 milhões de pessoas, de acordo com dados da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR). Na cidade de Aleppo, um dos lugares mais devastados pela guerra, nasceu uma menina sobrevivente de um ataque que aconteceu enquanto ela ainda estava na barriga de sua mãe.

A mulher, grávida, foi atingida em um ataque de míssil e foi levada para a emergência do hospital, onde os médicos precisaram fazer uma cesárea às pressas. A menina nasceu com um fragmento de bomba na testa, que foi removido pela equipe médica. Os médicos até filmaram o parto, mas o vídeo divulgado pela Syrian Expatriate Medical Association no Facebook foi removido. As imagens mostravam a criança nascendo inerte e sendo reanimada pela equipe, que comemorou o sucesso do parto.

Anúncio

FECHAR

Amal, que quer dizer “esperança” em árabe, foi o nome sugerido pelos médicos para a menina. De acordo com informações da agência de notícias da Reuters, a mãe da menina passa bem e tem outros três filhos, que também foram feridos durante o ataque e estão se recuperando.

Estilhaço sendo retirado da teste da menina recém-nascida

Estilhaço sendo retirado da teste da menina recém-nascida