Notícias

Super Pai: ele ganhou licença maternidade para cuidar dos filhos gêmeos depois que a esposa morreu

Conheça a história de Gledson, morador da cidade de Marília, que perdeu a mulher na hora do parto

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Keila

No dia 27 de junho, após dar à luz aos gêmeos Maria Luiza e Samuel, Keila Quintilian faleceu antes de conhecer os filhos. Ela e Gledson foram para o hospital quando a mulher começou a sentir muita falta de ar. Chegando ao hospital, foi descoberto um edema agudo no pulmão e, em seguida, ela teve uma parada cardiorrespiratória. O parto teve que ser feito imediatamente, com 36 semanas de gestação. Keila morreu seis horas depois, sem ver os gêmeos.

O marido, Gledson, é supervisor de máquinas agrícolas e a empresa em que ele trabalha entrou com um pedido no INSS para conceder a ele uma licença maternidade, que dá direito a quatro meses de afastamento do trabalho para cuidar dos filhos. A empresa, cadastrada em um programa de cidadania, ofereceu mais dois meses de licença. Além disso, Gledson entrará de férias ao final do período, totalizando sete meses para se dedicar integralmente ao cuidado dos filhos. O pedido foi feito com base legal  no artigo 392-B da lei 12.873, de 24 de outubro de 2013 e o caso é o primeiro na base do INSS de Marília.

Anúncio

FECHAR

Os filhos ainda estão internados na UTI neonatal de Marília, mas, de acordo com o pai, os bebês estão bem. Gledson ainda afirmou que está recebendo muito apoio de amigos, familiares e da igreja que frequenta, que iniciou uma campanha de arrecadação de leite materno.