Mais

Bonitona com barrigão

Você está grávida! Mas é possível, sim, se sentir bem e confortável

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Por Karina Trevizan, filha de Silvia e Junior

Aumento de peso, inchaço, estresse. Na gravidez, a alegria de esperar pelo nascimento do novo membro divide espaço com alguns incômodos de ver o corpo se transformar a cada dia. Mas você pode e deve se sentir mais confortável e bonita, mesmo com tantas mudanças em sua forma física.
 
Aceitar que a manutenção do bem-estar demanda um tempo vai facilitar as coisas.  E, já que a gravidez anuncia mudanças na rotina, inclua também alguma atividade física, sempre com orientação médica. Para as mulheres que já costumavam se exercitar antes da gestação, tudo é mais tranquilo. A intensidade e os tipos dos exercícios talvez tenham que sofrer algumas alterações, mas gravidez não é desculpa para abandonar as atividades físicas. 
 
Pelo contrário. Elas são uma ótima forma de controlar o ganho de peso, aliviar dores musculares e evitar problemas como diabetes, edema e hipertensão. Isso sem falar nos benefícios emocionais, como aumento da disposição, melhora no humor, na autoestima e prevenção de depressão pós-parto. Para as mulheres que nunca tiveram o hábito de se exercitar, a gravidez pode ser uma boa oportunidade para começar. Se precisar de mais estímulo, experimente ginástica para gestantes em grupo. 
 
Além dos exercícios, tratamentos como drenagem linfática e peeling de cristal podem trazer benefícios para a saúde e fazer com que a grávida se sinta mais bonita. O ideal é que tudo isso seja combinado com uma alimentação balanceada, para garantir a boa nutrição de mãe e filho, além de trazer mais disposição. 
 
Portanto, cuide de você. E não só pela sua saúde: zelar pelo seu conforto também traz vantagens para o bebê. Os filhos se beneficiam muito com a saúde da mãe. Para te ajudar nisso, preparamos uma lista com as melhores e mais adequadas atividades e tratamentos. Escolha a sua preferida e continue linda e saudável, mesmo com o barrigão.
 
Caminhada
Para as mulheres que nunca fizeram atividades físicas e, na gravidez, começam a se preocupar com o ganho de peso, a caminhada é uma boa sugestão. Isso porque a intensidade do exercício é facilmente controlada e não há impacto nas articulações. A caminhada condiciona a capacidade cardiovascular, melhora a circulação e o equilíbrio. Além disso, começar o dia passeando por um parque pode ser bem relaxante. O cuidado é prestar atenção para não andar por mais tempo que o corpo possa suportar. Respeitar seus limites é a regra básica!
 
Hidroginástica
Não é à toa que essa é a atividade mais indicada pelos médicos para as gestantes, especialmente no último trimestre da gravidez. É nessa fase em que o inchaço nas pernas costuma ser mais intenso, e qualquer exercício feito na água é ótimo para diminuir esse incômodo. Outra vantagem é que, na piscina, o impacto dos movimentos nas articulações é bem menor, o que torna a atividade ideal para mulheres acima do peso ou que estejam se sentindo muito inchadas e com algum tipo de dor. Importante: fique atenta à temperatura da água. Se estiver quente demais, pode ocasionar queda de pressão.
 
Ginástica aeróbica
Além de ajudar a monitorar o ganho de peso, os exercícios controlam os batimentos cardíacos da mãe e do bebê. No entanto, é importante ressaltar que as séries tradicionais são rápidas e coreografadas demais para a gravidez. Prefira aulas adaptadas para gestantes, ou seja, mais leves, sempre com o acompanhamento de um profissional.
 
Musculação
Pegar peso na gravidez com orientação médica e exercícios leves, pode sim. A atividade é ótima para corrigir desvios de postura, o que ajuda na hora do nascimento do bebê. No entanto, é indispensável procurar um profissional que prepare uma série personalizada que atenda às necessidades da gestante. Será sempre necessária orientação para ajustar os exercícios.
 
[!page]
 
Pilates 
É uma ótima opção por dois motivos básicos. O primeiro é o fortalecimento de braços, pernas e dos músculos envolvidos nas mudanças da postura que acontecem durante essa fase, prevenindo assim as dores lombares. Além disso, o pilates trabalha o chamado assoalho pélvico, conjunto de músculos, ligamentos e tecidos da região inferior da bacia – justamente a área que vai receber toda a pressão na hora  do bebê nascer. Em tempo: os exercícios de pilates costumam trabalhar muito a região abdominal e os músculos da região do pescoço e da coluna. Essas partes requerem cuidado especial durante a gravidez. Logo, a mulher nessa fase não pode realizar a técnica na íntegra. Não dispense o acompanhamento de um profissional.
 
Alongamento
Durante a gravidez, seu corpo sofre mudanças diariamente e, às vezes, não tem tempo de se adaptar a elas. É aí que começa a sobrecarga de alguns grupos musculares que prejudica a postura. Para levar esses músculos de volta à posição correta, o alongamento é uma excelente escolha. É uma boa saída para quem não consegue encontrar tempo de se exercitar, pois dez ou quinze minutos por dia são suficientes para alongar vários músculos. É ótima para aliviar a maior parte das dores e desconfortos da gravidez, como câimbras e dores nas costas. Outros benefícios são o relaxamento e o equilíbrio da musculatura, além da diminuição da ansiedade e do estresse. Prefira movimentos suaves e posições confortáveis, sempre estáticas.
 
Meditação
Conforme a hora do parto se aproxima, a ansiedade parece aumentar. Isso é normal. Estudos apontam que 20% das mulheres apresentam estado ansioso em algum momento da gestação. Claro, com tanta coisa acontecendo! Como a utilização de medicamentos é desaconselhada nessa fase, uma boa forma de aliviar a ansiedade pode ser a meditação. Aquelas que praticam a atividade durante a gravidez tendem a apresentar uma redução da tensão muscular e alívio da ansiedade. Um estudo feito com 28 grávidas pelo obstetra Roberto Cardoso, na Unifesp, comparou os resultados de testes físicos e psíquicos que avaliaram ansiedade, relaxamento e bem-estar das gestantes. Metade delas praticavam meditação e essas se saíram bem melhor nos testes. Então, inspire, expire… E relaxe! 
 
Hidratação da pele
O aparecimento de estrias é muito comum nessa fase e, para evitá-las, é fundamental hidratar bem a pele. O uso de cremes e óleos hidratantes é importante, especialmente durante o inverno, quando a pele fica mais ressecada nos seios, na barriga, nas pernas e nos braços. Os melhores são os que contêm substâncias como óleo de semente de uva e manteiga de karité.
 
Peeling de cristal
É uma das melhores opções para grávidas que queiram eliminar cravos do rosto, pois é um procedimento não abrasivo, sem o uso de substâncias químicas perigosas para gestantes. Para as mulheres que têm pele oleosa, pode-se ainda aplicar uma máscara de argila verde depois da sessão de peeling. 
 
Drenagem linfática
Celulite não tem jeito, e não há como evitar que elas apareçam com mais intensidade durante a gravidez. Mas é possível diminuir o problema. A drenagem linfática nesses casos é  bem-vinda, pois a massagem direciona o excesso de líquidos responsável pelo aparecimento da celulite para os gânglios linfáticos. Em outras palavras, isso ajuda o organismo a eliminar com mais facilidade os líquidos em excesso. É por isso que a drenagem linfática também é recomendada para diminuir o inchaço nas mãos, pernas e pés. Outros benefícios são a estimulação da circulação, liberação de toxinas, melhora do sistema imunológico e prevenção de varizes. A massagem deve ser leve, sem pressionar demais o corpo. Tudo isso, claro, ajuda também a combater o estresse. Vale lembrar que a atividade só é liberada, geralmente, após a 12º semana de gestação, sempre com orientação médica.
 
Produtos especiais para gestantes
 
Creme hidratante
Ajuda a manter a elasticidade da pele, evitando ressecamentos e estiramentos que são responsáveis pelas indesejáveis estrias. Mamydrat, R$35. SAC 0800 11 1559
 
Gel para Cuidado das Pernas e Pés
Minimiza o desconforto das pernas e pés, aliviando a sensação de cansaço e peso. Natura, R$39,90.
SAC 0800 11 5566
 
RoC hidratante Facial Calmance
Além de hidratar, o creme também alivia irritações na pele do rosto. Johnson&Johnson, R$55. 
SAC 0800 728 67 67
 
 
 

Anúncio

FECHAR

Pais&Filhos TV