Gravidez

Entenda a importância dos esfoliantes na gravidez

O cuidado estimula a renovação celular e remoção de células mortas, causadoras das temidas manchas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A gravidez traz uma série de mudanças hormonais para as gestantes e a pele é um dos locais mais afetados. Para que essas transformações não atrapalhem e não abalem a autoestima da mulher, uma boa alternativa é o uso de esfoliantes.

Segundo a farmacêutica e gerente do marketing técnico da PharmaSpecial, Riédi Nogueira, a esfoliação auxilia principalmente na limpeza e remoção de resíduos que ficam sobre a pele, como maquiagem ou poluição. Além disso, estimula a renovação celular e remoção de células mortas, causadoras das temidas manchas.  A extração das células-mortas também facilita que o hidratante e o anti-age consigam ser absorvidos pela pele com maior eficácia.

“A esfoliação pode ser feita tanto no corpo, preparando a pele para receber os produtos hidratantes, como no rosto, onde trabalhamos mais com os hidratantes, antiaging e filtros solares”, explica a gerente do marketing técnico da PharmaSpecial, Riédi Nogueira.

Anúncio

FECHAR

É importante que a escolha do esfoliante seja orientada por um dermatologista ou profissional de confiança. “Esfoliantes com partículas pequenas podem ser usados diariamente”, orienta. Da mesma forma o uso de alguns ácidos, como o ácido retinoico, precisa ser evitado, pois apresenta alto potencial teratogênico, que causa má-formação congênita.


Pais&Filhos TV