Família

Aumenta número de casais sem filhos no país

Caí percentual de pessoas unidas através do casamento

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

18/10/2012

Dados do Censo Demográfico 2010, divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), apontam uma mudança no perfil da família brasileira. O aumento da participação da mulher no mercado de trabalho, associado às baixas taxas de fecundidade e envelhecimento da população influenciaram no aumento da proporção de casais sem filhos entre 2000 e 2010 – que passou de 14,9% para 20,2% do total.

Também houve um aumento significativo das uniões consensuais em relação a 2000 e reduziram-se os percentuais de pessoas unidas através do casamento civil e religioso. Os solteiros continuam sendo mais da metade da população (55,3%), já os casados caíram de 37% para 34,8%.

Anúncio

FECHAR

Além disso, foi identificado um crescimento na proporção de domicílios com um só morador, que passaram de 9,2% para 12,1%. Porto Alegre (RS) lidera a lista entre as capitais com pessoas que moram sozinhas.

Pais&Filhos TV