Família

“Amor sem competência é mera boa intenção”

Mario Sergio Cortella fala sobre as urgências na família e convida a pensar

Luiz Pimentel

live-cortela

Às 17h30, do dia 29/08, entrou no ar uma entrevista ao vivo da nossa diretora editorial Monica Figueiredo com o filósofo e educador Mario Sergio Cortella. O pretexto para o encontro foi o lançamento do livro Vamos pensar um pouco, que Cortella reescreveu e o desenhista Mauricio de Sousa ilustrou. Ali nas páginas, e nas perguntas de Monica para o escritor, temas como educação, medo, amor, supervisão e cuidado aparecem e são aprofundadas para fazer sentido na vida real.

Mas, claro, o nosso grande mote é a família e o professor também tratou disso. Defendeu que os pais eduquem os filhos e não se deixem levar pela confusão que as crianças e jovens fazem: “Eles confundem desejo com direito e se a gente entrar nesse jogo, deixamos de educar para o certo e o errado”, apontou. A audiência, que participava mandando perguntas pelo Facebook e pelo Instagram, ficou muito curiosa sobre como o medo pode ser uma ferramenta importante na criação dos filhos. “Não é para meter medo nos filhos, mas o medo chama a atenção para o que importa, o que tem valor. Se a mãe tem medo de alguma coisa, ótimo! É sinal de que ama, valoriza, quer cuidar. E a criança também precisa ter medo para evitar entrar em confusão. O medo é um freio”. E o amor, professor? O amor sozinho não educa e não é suficiente. “Amor sem competência é mera boa intenção. E para amar e educar é preciso formação”.

Anúncio

FECHAR

Faltando 5 minutos para as 18h, os sinos da Igreja de Santa Terezinha badalaram, marcando que a entrevista estava chegando ao fim. Foi a meia hora mais rápida do dia. No dia 22 de setembro, vamos entrevistar o parceiro de Cortella no livro Vamos pensar um pouco. Maurício de Sousa é nosso convidado para outra transmissão ao vivo, às 17h. E você já é nosso convidado especial. Se você perdeu a transmissão do professor, a gente disponibiliza a entrevista inteira aqui:

Leia Mais:

Bom exemplo é a melhor forma de educar

Livro do dia: 125 brincadeiras para estimular o cérebro do seu bebê

Você está terceirizando a educação do seu filho?

Pais&Filhos TV