Colunistas

Dia dos Pais

A data sempre foi motivo de tristeza até Nina nascer e - agora - ao me descobrir pai de um menino

Foi hoje, quinta-feira, dia 08/08/2013 que recebi antecipadamente o melhor presente de Dia dos Pais.

Como já contei por aqui, meu pai, Jaime H. Levy, infelizmente faleceu quando eu tinha dez anos de idade.  

Foram muitos e muitos anos de dor no Dia dos Pais, até o nascimento da Nina.  Quando ela chegou, a data mudou completamente o sentido.

Anúncio

FECHAR

Perder o pai durante a infância é jogo duríssimo. Me lembro que prestava atenção nos pais dos meus amigos e nos meus tios para absorver alguns exemplos.

Hoje fomos fazer o Ultrassom do nosso segundo filho e confirmamos a intuição da Luciana: menino.  

Como sou pai da Nina, sempre questionei se saberia ser pai de menino. Eu não gosto de futebol e até comentei isso uma vez por aqui.

Quando recebi a notícia, tive um choque que nunca imaginei.

Senti uma emoção muito forte!

Foi a primeira vez que pensei: “Vou realizar com o meu filho, tudo aquilo que gostaria de ter feito com o meu pai”.

 

Meu amor,

Muito obrigado por cuidar tão bem da nossa família.

Vocês são e serão sempre a minha prioridade.

Te amo,

Ike

Pais&Filhos TV