Colunistas

As férias estão aí: mas o que as crianças realmente gostam de fazer?

Pesquisa aponta que crianças preferem atividades simples àquelas mais complexas

Computador? Videogame? TV? Cine 4D? Shopping? Parques internacionais? Pensou nisso? Eu também. Erramos. Uma pesquisa realizada por uma rede de supermercados (Sainsbury’s) no Reino Unido entrevistou 1500 crianças entre 5 a 11 anos, a fim de descobrir o que elas mais gostavam de fazer no verão. A atividade elegida tinha que proporcionar diversão, alegria e boas lembranças. E sabe o que nos revelou? As crianças preferem os hábitos simples. Lembrei de uma vez, quando criança, que meus pais viajaram e nos trouxeram vários presentes. O maior sucesso foi um elástico que prendíamos na perna e fazíamos várias atividades com ele. Custou U$ 1! 

Das 25 atividades mais escolhidas pelas crianças, note em que posição se encontra o computador e as atividades que requerem maiores planejamentos e/ou gastos. Aproveite ainda para ter ideias do que fazer com os filhos nestas férias. Lá vão elas: 

1. Brincar no parquinho ou no jardim;

Anúncio

FECHAR

2. Fazer guerra de água;

3. Montar uma cabana no jardim com amigos ou familiares;

 4. Andar de bicicleta;

5. Jogos ao ar livre, como esconde-esconde, pega-pega;

6. Subir em árvores;

7. Fazer torta de lama;

8. Colher frutas;

9. Tomar sorvete no sol;

 10. Alimentar os patos;

 11. Plantar flores;

12. Ir ao cinema;

13. Complexos de lazer como boliche, patinação;

14. Fazer um piquenique;

15. Brincar na piscina ou com uma mangueira;

16. Empinar pipa;

17. Ir à praia ou a um parque;

18. Acampar no quintal com amigos e família;

19. Viajar para a fazenda;

20. Ir ao zoológico;

21. Parque temático;

22. Brincar no computador;

23. Aula de esporte ou música;

24. Andar a cavalo;

25. Acampamento de férias. 

A pesquisa trazia ainda mais uma questão. “O que gostariam de realizar antes do final das férias?”. O resultado: 32% das crianças gostariam de sair com amigos e 25% gostariam de ficar mais tempo com pai e mãe. Observe que, tanto no ranking quanto na pergunta, o que a criança mais gosta são de atividades que tenham integração, afetividade e presença dos pais. E, quantos pais se ausentam para se desdobrar e dar aos filhos o que acreditam ser o melhor para eles?! Tenho escutado cada vez mais crianças e adolescentes reclamando a ausência dos pais. Presença, este não será o nosso melhor presente? 

Mas algum leitor contesta: estas crianças não são brasileiras! E eu pergunto: Será que estas crianças são realmente diferentes das nossas? Ou será que a educação e investimento que temos dado é que as têm diferenciado? No nosso ranking provavelmente os eletrônicos estariam no topo. Mas quem dá os aparelhos a elas? E que outras opções de diversão são ofertadas? Em restaurantes, aviões, em todos os lugares, sempre encontro crianças com seus tablets, iPhones ou joguinhos em mãos. E aprendem, desde a mais tenra idade, e por um comodismo nosso, a ficarem quietas, desligando-se do mundo, dos outros e de novas descobertas.

Sugestão para estas férias? Divirtam-se juntos, alegrem-se, surpreendam-se nas e com as atividades. Criem e construam lembranças que o tempo não estraga. Boas férias!

Pais&Filhos TV