Bebês

Por que o ferro é importante para o bebê

A carência do nutriente pode prejudicar o desenvolvimento do seu filho. Saiba como manter a dieta rica em ferro

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Ferro é um nutriente essencial para produzir hemoglobina, componente chave para as células vermelhas do sangue que transportam oxigênio. Quando nosso corpo não tem ferro suficiente, essas células não são produzidas adequadamente, e nossos órgãos não terão a quantidade ideal de oxigênio, necessária para o crescimento e desenvolvimento corretos.

Ou seja, se um bebê tem deficiência de ferro, pode ter um atraso comportamental e de desenvolvimento, diz Vandana Sheth, nutricionista da Academia de Nutrição e Dietética dos Estados Unidos.

Tenha certeza de que seu filho está ingerindo ferro o suficiente

Anúncio

FECHAR

Nos primeiros 6 meses de vida, bebês que mamam no peito conseguem absorver ferro do leite materno. Mães que amamentam e são anêmicas ou têm deficiência de ferro, devem fazer exames para verificar os níveis do nutriente em seus filhos também.

Uma vez que atingem os 6 meses e começam a comer alimentos sólidos, as refeições devem ser ricas em ferro. De acordo com a nutricionista, a recomendação para bebês entre 7 e 12 meses é de 11mg de ferro por dia. Se você suspeitar que seu bebê tem anemia – os sintomas incluem fadiga, irritabilidade e falta de ar –  o pediatra pode querer checar os níveis de hemoglobina.

Introduzindo alimentos ricos em ferro

Normalmente os bebês nascem com reservas suficientes para 4 a 6 meses, diz Sheth. Uma vez que os sólidos forem introduzidos, as necessidades de ferro serão logo supridas.

Tenha certeza de que está oferecendo comidas ricas em Vitamina C (como ervilhas, folhas verdes) junto com alimentos ricos em ferro para aumentar a absorção do nutriente.

Alimentos ricos em ferro

Folhas escuras (espinafre, couve)

Damasco

Ameixa seca

Uva passa

Ervilhas

Legumes, lentilhas e outros grãos

Carne vermelha