Notícias

Meninas surfam em Bangladesh para lutar contra cultura machista

Elas abandonaram parte da rotina de trabalho

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Reprodução / Allison Joyce)

(Foto: Reprodução / Allison Joyce)

As meninas de Bangladesh normalmente têm tarefas voltadas ao trabalho até atingirem idade suficiente para se casarem, o que normalmente acontece antes dos 18 anos. Porém, em uma praia turística de, a Cox’s Bazar, um grupo de oito meninas está fugindo da tradição: elas estão aprendendo a surfar.

Normalmente, elas sairiam de suas aldeias e iriam à praia para vender joias, água sanduíches e artesanato. Entretanto, com a ajuda do surfista e salva-vidas Rashed Alam e sua esposa Vanessa Rude, o dia a dia dessas meninas ganhou um novo propósito. O casal acredita que essa é uma maneira de empoderar essas oito meninas, assim como uma forma de tirá-las do trabalho por algum tempo, para que possam ser crianças de novo.

As fotos incríveis das aulas de surf foram tiradas pela fotógrafa norte-americana Allison Joyce, que passou um ano documentando as meninas. Envolvida com a causa, ela teve a ideia de criar uma campanha de crowfunding para arrecadar dinheiro e proporcionar um transporte seguro e uma refeição saudável por dia.

Anúncio

FECHAR

Leia também:

Dia das Meninas chama atenção para a desigualdade de gêneros

Adoramos! Turma da Mônica lança projeto de empoderamento feminino

GapKids lança linha que encoraja as meninas a serem suas próprias heroínas