Família

Só 5% das mães passam protetor nos filhos antes da escola; E você?

É o que revela pesquisa inédita da Sundown feita pelo IBOPE1 Inteligência

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

bebe-filtro-solar

(Foto: Shutterstock)

O último dia de verão de 2017 foi domingo (19), mas o sol continua a brilhar forte em alguns locais do Brasil. Mas, mesmo onde o calor não dá as caras, o protetor solar deve continuar o melhor amigo da nossa família. Não é bem isso que anda ocorrendo, no entanto. Um levantamento feito IBOPE Inteligência e encomendado pela marca Sundown mostrou que apenas 5% das 1000 mulheres entrevistadas passam filtro solar nos filhos antes de levá-los para a escola.

A proteção nesses momentos é importante porque eventualmente as crianças fazem atividades ou brincam ao ar livre nas escolas. “Brincar na terra, passear e realizar atividades externas são situações que favorecem, tanto na escola como em casa, a criação de hábitos como o de se proteger do sol diariamente. Os pais e educadores desempenham uma função muito importante na introdução dessa rotina, que terá reflexos na saúde a longo prazo.”, alega a especialista Gisela Wajskop, mãe de Felipe e Marcelo. Ela é educadora e grande defensora do brincar como conteúdo de ensino.

Outro engano é achar que o protetor solar não é necessário em dias nublados.
De acordo com Patrícia Madeira, mãe da Gabriela e diretora de Meteorologia do Climatempo, estudos meteorológicos comprovam que o índice ultravioleta (IUV) não tem relação direta com a temperatura que medimos e sentimos

Anúncio

FECHAR

“Precisamos descontruir o mito de que na cidade, realizando atividades do dia a dia, estamos isentos da necessidade de proteção solar”, acrescenta a pediatra Sabrina Battistella, mãe de Felipe e Ivan.

A pesquisa da Sundown, feita online mulheres, de 25 a 60 anos de idade e de todas as regiões do Brasil, revelou que o uso do filtro solar ainda é visto como um produto usado apenas na praia ou na piscina. 35% das entrevistadas contaram que passam nos filhos apenas nessas ocasiões.

Os resultados da pesquisa sobem um pouco quando se fala na importância do filtro solar. A maioria das mães sabe que é necessário usar o protudo. Ainda assim, 57% delas aplica protetor solar em seus filhos apenas de vez em quando.

“É necessário criar consciência para o fato de que o uso constante de proteção solar no dia a dia é essencial para prevenir doenças e danos a longo prazo, e o hábito deve começar na infância. A exposição solar é acumulativa e, antes mesmo dos 18 anos, é responsável por 50 a 80% dos danos à pele”, completa a pediatra.

Os resultados foram apresentados no dia 21 de março, em um evento promovido pela marca na Casa Maníoca, que contou com a presença da atriz Flávia Alessandra, mãe de Giulia e Olívia.

Leia também:

Como lidar com as queimaduras do sol? Nosso pediatra tira as suas dúvidas

Saiba como proteger seu filho do sol, mesmo em dias frios

3 respostas sobre cuidados com o sol e o verão