Criança

Adotadas por famílias diferentes, gêmeas se reencontram e é pura emoção

O vídeo desse momento é de arrepiar! E mesmo depois de tanto tempo separadas, as irmãs compartilham dos mesmos gostos!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

gemeas

(Foto: Reprodução / Good Morning America)

O programa de TV americano Good Morning America foi bem diferente na quarta, 12/01. O show registrou um momento emocionante ao unir duas irmãs gêmeas separadas desde o nascimento.

Elas têm apenas 10 anos, mas muito, muito para contar! Audrey Doering de Wisconsin e Gracie Rainsberry de Washington passaram os nove meses de gestação lado a lado, mas quis o destino que elas fossem separadas pouco depois o nascimento. Ainda recém-nascidas, foram abandonadas pelos pais biológicos e adotadas por diferentes famílias no ano de 2007, quando participaram de um programa chinês de adoção, quando tinham 1 ano e 3 meses de idade.

Nenhuma das duas famílias, porém, foi avisada de que a filha tinha uma irmã gêmea. E os anos se passaram… Certo dia, a mãe de Audrey, Jennifer, decidiu revirar o passado da filha e descobrir um pouco mais sobre a história dela antes de se conhecerem. Com a ajuda de um pesquisador, Jennifer encontrou uma antiga foto de Audrey ainda bebê, no colo de uma moça. Mas o que intrigou a mãe foi que a mulher também segurava um outro bebê idêntico a sua filha.

Jennifer não conseguia acreditar no que viu e se sentiu na obrigação de ir buscar os segredos daquela história! Aí, começaram a juntar as peças e as pistas, até que uma pesquisa no Facebook fez com que as famílias se conectassem. Foi feito até um teste de DNA para comprovar que as duas eram irmãs. É claro que deu positivo: uma é a cara da outra! A irmãs começaram a entrar em contato por Facetime desde Dezembro, batendo papo, se conhecendo melhor e se divertindo com jogos online.

Essas conversas mostraram que elas não são iguais só na aparência! “Ela gosta dos mesmos tipos de óculos que eu, exceto pelos meus estarem quebrados e os dela serem azuis e os meus serem rosa,” Audrey repara. Até para as comidas os gostos das duas coincidem. É impressionante!

Leia também: 

Nos Estados Unidos, gêmeos nasceram em anos diferentes!

10 desafios da educação de gêmeos

Festival de gêmeos elege os mais parecidos e as fotos são super divertidas