Engravidar

Relaxar para engravidar

Mesmo baixo, o estresse diminui a fertilidade

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Mulheres estressadas têm menores chances de engravidar. Esse foi o resultado de pesquisa inglesa, publicada na revista Fertility and Stress no ano passado, que analisou o estado emocional das participantes através dos hormônios presentes na saliva.

Foram analisadas 274 mulheres, de 18 a 40 anos, que estavam tentando engravidar. Os médicos recolhiam a saliva no 6º dia do ciclo de cada uma, e utilizavam monitores de fertilidade para identificar a ovulação e testes para detectar gestações. A observação durou seis ciclos.

No laboratório, eram estudadas as concentrações de cortisol e amilase, hormônios associados ao estresse. Foi identificado que as mulheres que apresentavam níveis mais baixos das substâncias na saliva tinham mais chances de engravidar.

Anúncio

FECHAR

Para o Dr. Gustavo Kröger, ginecologista, obstetra e especialista em Reprodução Humana da clínica GENICS Medicina Reprodutiva e Genômica, o resultado não foi surpresa. “Os hormônios que o estresse libera para a corrente sanguínea interferem diretamente na ovulação, dificultando a fertilidade”, explica.

Além disso, o estresse também pode causar a diminuição da receptividade endometrial (onde o embrião se fixa no útero) e até a menorreia, quando cessa a menstruação.

Consultoria: Dr. Gustavo Kröger, ginecologista e obstetra, especialista em reprodução humana da Genics Medicina Reprodutiva e Genômica. Tel (11) 5052-1409 www.genicsmedicina.com.br