Pais

Ser mãe ou pai: 21 sinais de que você dominou a missão

A tarefa nunca termina, não importa a idade que os seus filhos tenham

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

arte-de-ser-pai

1- Você consegue comer com uma mão enquanto segura um bebê no colo e acalma a criança que está agarrada à sua perna chorando

2- Noites de encontro se parecem menos como as histórias do Nicholas Sparks e mais como jantares em restaurantes com brinquedões e Galinha Pintadinha antes de dormir

Anúncio

FECHAR

3- Você já não espera que aquele abraço no meio da noite venha de seu parceiro; você já prevê que ele virá com pequenas mãozinhas e que elas, na verdade, só querem avisar que acabaram de levantar para fazer xixi no penico. E você fica feliz por isso!

4- Você desenvolve visão raio-x que te permite medir temperaturas e ministrar remédios no escuro. De quebra, você ainda localiza cobertores, bichinhos de pelúcia e naninhas tendo somente a luz da lua como guia.

5- Você pega o suéter que vestiu no inverno passado e, ao perceber que ele está manchado de suco de uva ou leite seco, você o põe mesmo assim, sorrindo com nostalgia ao perceber a diferença que um ano faz.

6- Você consegue sair de casa com as crianças a tiracolo em menos de uma hora sabendo que você está com tudo que precisa para sobreviver não somente até a loja de conveniências, mas também a qualquer imprevisto que surgir no caminho – uma fralda molhada, um nariz escorrendo ou um ataque de fome ou sede (que você já prevê que acontecerá antes mesmo de sair com o carro)

7- Sua prateleira agora inclui uma gama de livros que vão desde histórias infantis, até aqueles que falam sobre fraldas, crescimento, nomes, dentes, desenvolvimento e por aí vai.

8- Seu café agora é o elixir dos deuses, que te concede poderes mágicos para enfrentar o dia seguinte a uma noite inteira usando sua incrível visão de raio-x.

9- Nada te tira do sério. Nada. Nem sujeira nas paredes, vomito na sua cama, ou meleza de nariz na toalha do banheiro. Você seca, limpa e tira da frente sem nem pestanejar. Muito provavelmente enquanto fala, calmamente, ou conforta seu filho – ou seu parceiro, que por algum motivo ainda está irritado.

10- Você pensa sobre a roupa que precisa lavar diariamente.

11- Você se encanta com uma folha cheia de rabiscos e provavelmente a emoldura, põe na sala, ou ao menos guarda naquela gaveta com coisas especiais.

12- Você é mais rápido que uma bala, mais poderoso que uma locomotiva, e capaz de saltar praticamente qualquer coisa em um único instante quando você vê o seu filho cair da escada, da bicicleta, ou se atrapalhar com os próprios pés. De vez em quando seu superpoderes ainda secam lágrimas, curam machucados e, de alguma forma, asseguram a um pequeno humano que vai ficar tudo bem.

13-  Você dá boas vindas a beijos babados. Não do seu parceiro, não do seu cachorro, mas de um bebê pequeno e careca cujos beijos babados trazem não somente uma quantidade enorme de saliva, mas um pouco de ranho também.

14- Sua bola (se você ainda pode chamar assim) agora inclui lencinhos umedecidos, copinhos, giz de cera, pirulitos e uma troca de roupa (geralmente, não para você).

15- Você consegue abrir e fechar um carrinho com uma mão só enquanto usa a outra para garantir que o ocupante em questão não fuja.

16- Na parte de trás da sua gaveta de roupas íntimas, existe uma pequena coleção de dentinhos e cartas para a Fada dos dentes, junto com as do Papai Noel.

17- Você sente a enorme vontade de fazer justiça com as próprias mãos quando uma criança – de qualquer tamanho que seja – faz o seu filho se sentir qualquer coisa menos do que um ser humano  maravilhoso.

18- Você tem dito coisas doidas como “se você dirigir seu carrinho por cima da lasanha de novo, eu vou…”

19- Você pinta mais as unhas da sua filha do que as suas próprias.

20- Uma sexta-feira perfeita inclui filmes animados, pizza, um sofá e muitas pessoas pequenas usando pijamas.

21- Depois de chorar até a exaustão e jurar “nunca mais!”, seu bebê se torna uma criança e você se pega pensando “talvez eu possa fazer isso de novo”.