Pais

Mãe ouve que não pode ter filho e trabalhar e dá resposta poderosa

Ela podia apenas ter ignorado, mas fez melhor

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

mae-carta-edit

(Foto: Reprodução/ Twitter)

A apresentadora Susan Keogh trabalha em uma emissora irlandesa de rádio e TV e foi insultada por um telespectador, que questionou como ela podia ter um emprego em tempo integral e cuidar da filha de4 anos. Ela podia ter ignorado, como a maioria faria, mas resolveu fazer melhor.

Susan postou uma carta aberta para o homem no twitter e recebeu muito apoio. A tradução livre da carta está abaixo. Para agradecer as mensagens positivas, ela publicou uma foto com a filha.

“Caro,
Eu recebi sua mensagem. Aquela que você fala que eu estou perdendo tempo com a minha filha de 4 anos enquanto estou trabalhando e que, por isso, eu tenho que pedir demissão. Como eu nunca tinha pensado nisso? Obrigada pela ajuda.

Anúncio

FECHAR

Eu trabalho por muito motivos. Eu gosto do meu trabalho. É muito importante pra mim. Não só salvar vidas que é importante. Meu trabalho me faz feliz e realizada. Isso faz de mim uma mãe melhor.

Eu trabalho de segunda a sexta. São 5 dias que minha filha passa na escola. Eu não estou em casa quando ela vai para a cama na maioria das vezes. Sabe quantas pessoas me julgam por isso? Muitas.

Meu marido não está em casa quando elas acordam. Ele sente falta disso, mas sabe quantas pessoas o julgam? Nenhuma.

Se eu me sinto culpada? Todos os dias. Às vezes, umas 10 vezes por dia. Mas eu trabalho para garantir um futuro melhor para minha filha. Então, quando ela tiver 16 anos e pedir para viajar com a escola eu vou poder dizer sim. Claro que eu vou ficar com medo e preferir que ela fique em casa, mas ela vai poder ir para viagem, certo? Certo!

Também pode ser que ela queira ser uma ‘flower lady’ quando crescer, mesmo que eu não saiba se isso quer dizer vender flores ou apenas se vestir com elas. Eu não me importo. Eu não tenho uma carreira para mostrar para ela que ela pode ter uma também. Ela pode fazer o que for melhor pra ela.

Eu quero mostrar pra ela que ela pode fazer o que ela quiser. Quero que ela seja confiante o bastante para fazer as melhores escolhas pra ela. Eu quero que ela escolha a felicidade.”

Leia também:

Dúvidas e dilemas sobre trabalho e maternidade: Você também tem?

Qual o problema de a mãe trabalhar fora?

Onde deixar o filho na volta ao trabalho? Em casa ou na escolinha?

Pais&Filhos TV