Pais

12 coisas que costumavam ser legais antes de ter filhos

Depois de ter um filho ainda é possível ir a festas, encontros e viajar no final de semana, mas já não é tão simples assim.

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

12-COISAS_shutterstock_293482196

Eu tento não deixar a vida de mãe abalar o meu mundo, mas é inevitável. A lista de coisas que eu prometi fazer ou nunca fazer estava longa, mas e a lista de coisas que eu fiz e das que eu não cumpri? Bom, essa também é muito grande. Tem uma tonelada de coisas que eu simplesmente não fiz antes de ter um filho… Particularmente antes do meu filho crescer, porque crianças são bastante diferentes de bebês. São adoráveis e doces, mas não deixam de ser pestinhas de vez em quando.

Outro dia eu estava pensando em como a vida é diferente antes e depois de me tornar mãe. E enquanto eu me lembrava dos banhos longos e luxuosos, pensei em escrever sobre isso. As coisas que costumavam ser legais antes de ter um filho – coisas como sair para comer com os amigos.

Anúncio

FECHAR

Sair para jantar

Antes: Jantar fora significava experimentar novos lugares para comer e se aventurar em diferentes culinárias. Era ter um happy hour com bebidas e depois sobremesa, e significava uma noite relaxante sem ter que cozinhar em casa.

Depois: Sair para jantar significa escolher um restaurante que tenha cadeirão e coisas no menu que crianças gostam de comer. Também significa levar lanche extra e coisas para distrair os filhos enquanto a comida não chega. Bebidas e sobremesas são coisa do passado – nós temos que estar em casa para colocar as crianças na cama cedo. E, honestamente, é quase mais relaxante ficar em casa e fazer o jantar.

Horário de verão

Antes: O horário de verão era sempre um problema porque era perder uma hora de sono, mas ter os dias mais longos era ótimo. E quando o horário mudava novamente era maravilhoso ter uma hora extra para dormir.

Depois: A maravilha do horário de verão é o inverso agora. Odeio quando muda o horário porque enquanto parece que temos uma hora extra para dormir, as crianças não veem dessa forma. Eles continuam acordando na mesma hora, o que vai ser mais cedo, e não vão se acostumar logo com a mudança – para os pais isso significa dormir menos. Mas eu estou muito cansada para explicar isso agora.

Vestir roupas limpas e brancas

Antes: Se vestir era muito mais simples. “Esta camisa de seda branca iria muito bem com a minha nova saia” – era o que eu pensava na minha inocência.

Depois: O diálogo interno agora na hora de escolher roupas é um pouco diferente. É mais como “esta camisa é escuro o suficiente para cobrir as manchas e depois jogar na máquina de lavar quando meu filho limpar meleca nela?”. Esta á a vida real.

Usar salto alto

Antes: Colocar salto alto era valorizar instantaneamente uma roupa e você não precisava pensar muito no que iria fazer durante o dia. Afinal, era difícil andar por aí de salto alto e ser chic?

Depois: Usar salto alto é o melhor jeito de parecer bobo e quebrar o pescoço enquanto carrega uma criança de um lado e as coisas dela do outro.

Hora do descanso

Antes: Descansar significava tirar uma soneca no sofá durante a tarde de domingo e a única pessoa com quem eu tinha que me preocupar em fazer dormir era eu mesma.

Depois: Hoje em dia descansar é a mesma coisa que fazer uma lista de 20 coisas que você tem de fazer enquanto seu filho está dormindo, quando você pode ter uma hora sozinha no seu dia.

Comer besteiras

Antes: Comer sorvete depois do jantar era um ótimo jeito de ficar satisfeito depois de um dia longo.

Depois: Comer sorvete significa que eu vou ter que comer duas colheradas conforme minhas crianças dominam o pote. E se eu não quiser que eles comam doces antes da comida provavelmente eu vou ter que esquecer essa ideia. Se eles virem o pote, é o fim.

Ter um encontro

Antes: Ir para um encontro significava se vestir devagar, se arrumar e sair para uma noite relaxante e divertida com meu marido.

Depois: Ter um encontro significa que as estrelas devem estar perfeitamente alinhadas, que você não está tão cansada para sair e que achou alguém para cuidar das crianças enquanto isso. E então você tem que preparar todas as coisas que o seu filho vai precisar quando você estiver fora e vão restar apenas dois segundos para colocar uma camisa limpa e passar batom. Você pode até parecer um pouco desarrumada, mas pelo menos está em um encontro.

Comprar coisas novas

Antes: Era maravilhoso comprar móveis novos, roupas, aparelhos eletrônicos.

Depois: “Meu filho fez xixi no sofá novo e limpou o nariz na minha blusa. E um pedaço de torrada ficou preso no aparelho de DVD. Por que nós compramos coisas boas de novo?

Viagens de fim de semana

Antes: Para viajar no final de semana era só colocar dentro da mala o que é essencial e ir embora.

Depois: Listas imensas do que é essencial levar porque está proibida de esquecer.

Sexo improvisado

Antes: Sexo em uma quinta-feira de manhã… Sexo no sofá… Ou quando e onde você quisesse.

Depois: Você pensa “Sexo na quarta-feira a noite? Você não acha que dá pra esperar até sábado quando alguém puder ficar com as crianças? Eu tenho que descansar antes”. E sexo no sofá significa ser interrompido pelos brinquedos musicais e brilhantes que parecem estar possuídos.

Novo jogo no celular

Antes: Jogar no celular era um jeito de matar o tempo enquanto você esperava por uma reunião ou enquanto seu marido assistia algum programa chato na TV.

Depois: Se o seu filho perceber que você está jogando você pode ter certeza que eles vão tentar comandar e escolher o jogo que eles preferem. Resistir não vai funcionar, você já perdeu.

Assistir TV

Antes: Assistir televisão era ver os programas que você realmente gosta quando você quiser.

Depois: Significa que você deve esperar as crianças dormirem se você quiser assistir alguma coisa boa. Se não você vai ficar preso aos programas infantis.