Criança

Como são as mães dos alunos do século XXI?

Com tanta tecnologia disponível para os filhos, será que os pais também estão usando outros recursos para entrar nesse mundo? Veja aqui!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

mães do século XXI

Foto: Shutterstock

Um dia Giovana, de 8 anos, chegou da escola com uma lição de matemática bem complexa. A mãe, Daniela, tentou ajudar a filha a resolver a equação, mas não conseguiu. Pegou o celular e mandou para o grupo do Whatsapp onde estão todas as mães da classe da filha. Descobriu que a maioria estava com o mesmo problema.

No dia seguinte, bilhetinho na agenda para a professora, reclamando sobre isso. Assim estão as mães de alunos do século XXI,a tecnologia resolveu o problema aproximando-as. “No grupo do Whatsapp combinamos programas para as férias, conversamos sobre festas de aniversário, dúvidas de lição de casa. Hoje nos comunicamos muito mais”, conta Daniela, que também é mãe de Gustavo, de 4 anos.

Leia também:

As escolas mais incríveis do mundo

Anúncio

FECHAR

Política também é assunto de criança

8 motivos pelos quais você deveria ensinar seu filho a esperar

Ipad para o bem

Na casa da advogada Gabriela, mãe de Isabelli, 4 anos, e Raphael, 6 anos, o iPad está totalmente presente no cotidiano dos filhos, principalmente quando é para ajudar no aprendizado. “Na escola, o Raphael estava aprendendo sobre dinossauros. Então, baixei um aplicativo para vermos e pesquisarmos juntos em casa”, diz. Tecnologia é bom demais!

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Sala de aula

Sandra, mãe de Lucas, de 9 anos, professora de inglês em escola bilíngue, percebe que o aluno de hoje demanda muito mais do professor do que o de antigamente. “Antes o que o professor falava e o que líamos nos livros era lei”, lembra. “Hoje o aluno pergunta muito mais, é muito mais curioso, e tem mais liberdade de questionar. Isso ajuda muito na dinâmica da sala de aula.”

5 formas de ajudar as crianças a gostarem de inglês

Na escola de Lucas, o iPad pode ser levado para a sala de aula para algumas atividades, avisadas com antecedência pelo professor. Para ela, a escola evolui aos poucos, pois sofre muita influência da visão mais tradicional dos pais.

A gente sabe que muitos pais ficam preocupados que seus filhos só pensam em ficar com o iPad direto na cara o dia inteiro. E devem se preocupar mesmo. Não está completamente errado.

9 dicas para ajudar as crianças a gostarem de Matemática

O uso precisa ser controlado, já que a diversidade de formatos de conteúdos é a melhor opção para que a criança absorva informações relevantes que aprende por aí. O importante é medir a frequência. Como em sala de aula, atividades desse tipo devem ser intercaladas com uma aula ao ar livre, por exemplo.